20°
Máx
14°
Min

Após classificação de Isaquias, brasileiros deixam briga por medalhas na canoagem

(Foto: Ministério do Esporte) - Brasileiros deixam briga por medalhas na canoagem
(Foto: Ministério do Esporte)


Se a manhã desta quarta-feira marcou a classificação de Isaquias Queiroz para mais uma final olímpica da canoagem velocidade, desta vez na canoa simples (C1), no percurso de 200 metros, os outros brasileiros que disputaram a modalidade não tiveram a mesma sorte. Ana Paula Vergutz, no caiaque simples (K1) de 500 metros, e a dupla formada por Edson da Silva e Gilvan Ribeiro, no K2 de 200m, ficaram foram da decisão.

Ana Paula Vergutz ficou apenas na sexta colocação de sua bateria nas eliminatórias e sequer passou à semifinal. Ela completou o percurso em 2min00s680 e se despediu da Olimpíada sem qualquer chance de pódio.

Já Edson e Gilvan até passaram da eliminatória, mesmo tendo ficado em quinto da bateria, com o tempo de 33s021, mas falharam na tentativa de ir à decisão. Foram apenas os quartos colocados da primeira semifinal, com 33s359, e terão que se contentar com a final B, que não dá direito a medalha.

Com isso, a esperança de medalha reside mesmo em Isaquias Queiroz. Depois de faturar a prata no C1 1.000 metros, o brasileiro passou com o melhor tempo à final do C1 200 metros e é um dos favoritos para a prova que acontecerá às 9h23 desta quinta.