22°
Máx
17°
Min

Após polêmica com o Brasil, EUA ganham ouro no 4x100m feminino

(Foto: Rio 2016) - Após polêmica com o Brasil, EUA ganham ouro no 4x100m feminino
(Foto: Rio 2016)

Após se classificarem à final com um recurso, os Estados Unidos conquistaram a medalha de ouro no revezamento feminino 4x100 metros, na noite desta sexta-feira, no Engenhão, na Olimpíada do Rio de Janeiro. A marca de 41s01 foi a melhor da temporada, com Tianna Bartoletta, Allyson Fellix, English Gardner e Tori Bowie.

A medalha de prata ficou para as jamaicanas, com o tempo de 41s36, e o bronze com a Grã-Bretanha, com 41s77. "Estou muito feliz. Nossa jornada foi um pouco tumultuada até a medalha e, por isso, foi especial", disse Tianna Bartoletta, que também ganhou o ouro no salto em distância.

A polêmica classificação norte-americana à final envolveu a equipe brasileira. Os Estados Unidos reclamaram de um esbarrão de Kauiza Venâncio em Allyson Felix, que derrubou o bastão na segunda passagem.

Por causa do erro, as norte-americanas cruzaram a linha de chegada em último lugar, mas, sentindo-se prejudicadas, decidiram recorrer. Inicialmente, a organização anunciou a desclassificação dos dois quartetos. Uma hora depois, a decisão foi reconsiderada.

Além de desclassificar o Brasil, o órgão decidiu que as norte-americanas fariam uma nova prova. Correndo sozinhas, elas marcaram o tempo de 41s77, o melhor na classificação geral, e desclassificaram a China. Na final, melhoraram ainda mais a marca e levaram o ouro olímpico.