27°
Máx
13°
Min

Após revés em Mundial, Brasil festeja 'vingança' sobre romenas no handebol

(Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB) - Após revés em Mundial, Brasil festeja 'vingança' sobre romenas
(Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB)

Superada de forma surpreendente pela Romênia nas oitavas final do Mundial de 2015, quando então defendia a condição de atual campeã da competição, a seleção brasileira feminina pôde saborear nesta segunda-feira uma espécie de "vingança" sobre a adversária. Com folga, o time nacional venceu a rival por 26 a 13, na Arena do Futuro, onde conquistou o seu segundo triunfo em dois jogos na modalidade nos Jogos Olímpicos do Rio.

Após o término da partida, a ponta-direita Alexandra Nascimento se emocionou ao comentar a vitória brasileira. "Conseguimos esquecer o passado e jogamos com o coração. Hoje quem jogou aqui foi o Brasil, com essa torcida espetacular, que arrepia. O (técnico) Morten (Soubak) nos lembrou já no final que conquistamos mais dois pontos, mas que temos muito pela frente ainda. Já vamos pensar no próximo jogo", ressaltou.

Soubak, por sua vez, ressaltou a importância do triunfo brasileiro sobre as romenas, até pelo fator psicológico que ele representa após o revés diante das adversárias no Mundial. "Estamos muito satisfeitos por conseguir vencer este jogo hoje. Perdemos para a Romênia no último Mundial na Dinamarca. Foi um jogo muito duro contra elas. Elas mereceram aquela vitória. Agora nos encontramos de novo e foi bom conseguir essa vitória e mais dois pontos. Mas ainda temos que buscar mais para garantir nossa classificação para as quartas de final", disse o treinador.

Depois da segunda vitória em dois jogos na Olimpíada, o Brasil voltará a jogar pela competição na quarta-feira, às 9h30, contra a Espanha, que nesta segunda foi derrotada pela Noruega por 27 a 24. Em outros duelos do handebol feminino do dia, a Suécia superou a Coreia do Sul por 31 a 28, enquanto a Rússia derrotou a França por apenas um gol de diferença (26 a 25).