28°
Máx
17°
Min

Após Rio-2016, Bruno Soares e Jamie Murray retomam parceria com vitória nos EUA

(Foto: Reprodução/Facebook) - Após Rio-2016, Bruno Soares e Jamie Murray retomam parceria
(Foto: Reprodução/Facebook)

Após disputarem os Jogos Olímpicos do Rio atuando ao lado de compatriotas, Bruno Soares e Jamie Murray retomaram a parceria que formam no circuito profissional do tênis com vitória nesta quinta-feira. O brasileiro e o britânico bateram o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol Marcel Granollers por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, na estreia do Masters 1000 de Cincinnati.

Cabeças de chave número 3 da importante competição norte-americana, Soares e Murray estrearam já direto na segunda rodada e desta forma asseguraram classificação às quartas de final. Os seus próximos adversários serão o holandês Jean-Julien Rojer e o romeno Horia Tecau, que em outro confronto já encerrado nesta quinta nos Estados Unidos derrotaram o britânico Dominic Inglot e o polonês Marcin Matkowski por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 10/8.

Para abrir campanha com vitória, Soares e Murray exibiram uma atuação segura nesta quinta. Eles tiveram o saque quebrado por apenas uma vez no confronto e converteram três de oito break points para liquidar o confronto diante de Cuevas e Granollers em apenas 1h14min.

Na Olimpíada do Rio, Bruno Soares e Marcelo Melo foram eliminados nas quartas de final da chave de duplas masculinas do tênis, na qual Jamie Murray foi superado já na estreia ao lado do irmão Andy Murray. Eles foram surpreendidos pelos brasileiros André Sá e Thomaz Bellucci.

Também nesta quinta-feira já foram definidos os adversários de estreia da dupla formada por Marcelo Melo e pelo croata Ivan Dodig. Cabeças de chave número 4, eles terão pela frente o australiano Bernard Tomic e o sérvio Viktor Troicki, que nem precisaram jogar para avançar à segunda rodada. Eles ganharam por W.O. depois que o norte-americano Sam Querrey alegou uma lesão nas costas e não pôde atuar ao lado do seu compatriota Steve Johnson, forçando a desistência da dupla da casa do torneio.