26°
Máx
19°
Min

Após ventania, organização do remo promete retomar calendário na segunda

(Foto: Divulgação/Brasil2016) - Organização do remo promete retomar calendário na segunda
(Foto: Divulgação/Brasil2016)

As provas de remo nos Jogos Olímpicos do Rio serão retomadas na manhã desta segunda-feira, um dia depois de a ventania fazer os organizadores cancelarem o segundo dia de competição. Os dirigentes da federação internacional da modalidade afirmam que a preocupação a partir de agora é fazer o calendário voltar ao normal para que o remo não estoure o cronograma inicial, que prevê encerramento da modalidade no próximo sábado.

"Estou otimista que o calendário do remo pode voltar à programação normal na terça. As condições de domingo foram algo novo para nós. Quem sabe nos próximos dias pode melhorar", disse o diretor executivo da Federação Internacional de Remo, Matt Smith. O dirigente contou que os ventos na Lagoa Rodrigo de Freitas chegaram a 43 km/h e danificaram as boias utilizadas para separar as raias.

O vento e as ondas na água já tinham causado incômodo para os competidores. Muitos falaram que jamais haviam cometido em condições tão adversas. "Competir foi uma aventura das grandes. A situação era muito difícil. Eu pensei que para se dar bem, era necessário tentar somente evitar problemas com a água", disse a atleta do skiff simples Felice Chow, de Trinidad e Tobago.

No sábado, em alguns momentos os remadores reclamaram que a água ameaçava invadir as embarcações. Dois sérvios chegaram a cair na lagoa durante uma das baterias. "As ondas estava paralelas aos barcos e os puxando para baixos. Neste domingo alguns remadores viram os barcos até virar", disse Smith, que garantiu a devolução do dinheiro aos torcedores que compraram ingressos para o dia que teve a competição cancelada.