22°
Máx
16°
Min

Basquete feminino dos EUA passa fácil pela Sérvia e segue invicto no Rio

(Foto: Arquivo/COB) - Basquete feminino dos EUA passa fácil pela Sérvia e segue invicto
(Foto: Arquivo/COB)

A seleção norte-americana feminina de basquete dá cada vez mais provas de realmente não ter adversárias à altura. Nem mesmo a atual campeã europeia Sérvia conseguiu fazer frente às francas favoritas na terceira rodada do torneio olímpico do Rio, nesta quarta-feira, e foi facilmente batida por 110 a 84.

Foi o primeiro triunfo dos Estados Unidos por menos de 40 pontos de diferença no torneio, o que não significa que a partida tenha sido difícil. Somente em partes do primeiro quarto a Sérvia conseguiu fazer frente às adversárias, mas já no segundo, a diferença chegou a 22 pontos e o triunfo foi encaminhado.

Com a nova vitória, as norte-americanas mantiveram a invencibilidade, já que haviam batido Senegal (121 a 56) e Espanha (103 a 63) nas primeiras partidas. Assim, lideram o Grupo B do torneio. Já a Sérvia é a surpresa negativa da competição, segue sem vencer após três partidas e pode ficar fora na primeira fase. Antes, havia sido derrotada por Espanha (65 a 59) e Canadá (71 a 67).

O destaque da partida desta quarta ficou por conta de Diana Taurasi, cestinha com 25 pontos, sendo 18 em arremessos de três. Breanna Stewart, com 17, e Tina Charles, com 15, também contribuíram para o resultado. Pela Sérvia, foram 15 pontos para Danielle Page, Jelena Milovanovic e Sonja Petrovic.

Em outra partida do torneio feminino já encerrada nesta quarta, a Espanha se consolidou como candidata a medalha ao vencer o confronto direto com a China com autoridade, por 89 a 68. O resultado deixou o time espanhol na segunda colocação da chave B. As chinesas estão em quarto.