22°
Máx
14°
Min

Bellucci dá susto na torcida, mas vence Cuevas e vai às oitavas

Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB - Bellucci dá susto na torcida, mas vence Cuevas e vai às oitavas
Foto: Flavio Florido/Exemplus/COB

Dando sustos na torcida, o tenista brasileiro Thomaz Bellucci venceu o uruguaio Pablo Cuevas por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/3, na noite desta terça-feira, na Olimpíada do Rio de Janeiro. Com o triunfo na quadra central do Centro Olímpico de Tênis, o número 1 do Brasil garantiu seu lugar nas oitavas de final da chave de simples.

O brasileiro, que ocupa a 54º posição no ranking da ATP, vai enfrentar na próxima rodada o belga David Goffin, 13º do mundo, que também nesta terça venceu o israelense Sela Dudi por 2 sets a 0, com duplo 6/3.

Contra Cuevas, atual 21º do ranking, Bellucci deu sustos na torcida nesta terça, ora pelas oscilações em quadra, principalmente quando se aproximava da vitória, ora por conta das dores no pé direito que exigiram até atendimento médico em quadra, no terceiro set.

Antes disso, Bellucci fez um primeiro set muito consistente, dando poucas chances ao uruguaio. Concentrado, o brasileiro cometeu apenas três erros não forçados na parcial em que faturou duas quebras de saque e não teve sequer o serviço ameaçado.

A situação se inverteu na segunda parcial. Cuevas passou a variar melhor as jogadas e impôs pressão sobre Bellucci. Como consequência, obteve duas quebras e não enfrentou break points.

No terceiro set, Bellucci começou com evidente superioridade e logo abriu 4/1 no placar. Mas as dores começaram a incomodá-lo e Cuevas aproveitou a chance. Devolveu a quebra e empatou o set. O brasileiro, então, recebeu atendimento médico em quadra e, na volta, caiu de rendimento.

O duelo voltou a ganhar em equilíbrio e Bellucci contou com o apoio da torcida para retomar a agressividade que vinha exibindo - foram 27 bolas vencedoras em todo o jogo, contra 19 do rival. O brasileiro faturou nova quebra e, após oscilar no game final, decretou a vitória após 2h22min de duelo.

Nas oitavas, Bellucci enfrentará Goffin pela quarta vez na carreira. O belga leva vantagem, com duas vitórias (uma neste ano e outra em 2015) e uma derrota. O brasileiro obteve seu triunfo em 2013.