26°
Máx
19°
Min

Bicicleta terá destaque especial no revezamento da Tocha Olímpica

(Foto: Vanderlei Faria / Arquivo. Sec. Esporte e Turismo) - Bicicleta terá destaque especial no revezamento da Tocha Olímpica
(Foto: Vanderlei Faria / Arquivo. Sec. Esporte e Turismo)

A bicicleta terá presença forte na trajetória da Tocha Olímpica no Paraná. No seis municípios onde a tocha irá pernoitar - Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu, Pato Branco, Curitiba e Ponta Grossa - o comboio será aberto por um grupo de ciclistas locais.

A articulação para a participação dos ciclistas foi feita pelo Programa CicloParaná, do Governo Estado, junto com a Federação de Ciclismo do Paraná, que integra o programa e que coordenará a participação dos ciclistas locais.

“É um momento importante para darmos mais visibilidade a esse equipamento tão importante do ponto de vista da mobilidade e também do esporte e do lazer”, disse a coordenadora de Educação Ambiental da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e do CicloParaná, Daniela Miranda.

A proposta da participação dos ciclistas foi apresentada a prefeitos e representantes dos 22 municípios paranaenses por onde a tocha passará. O encontro foi organizado pela Secretaria do Turismo e Esporte, no Palácio Iguaçu. No encontro, cada representante falou dos preparativos locais para o revezamento.

Vila Velha

Outro destaque na passagem da Tocha Olímpica será o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa. Ali será feito a troca do fogo olímpico, conhecida como beijo. Para comemorar a passagem, o governo esta preparando algumas ações no parque, no dia 10 de julho, antecipando a tocha ao município, no dia 15.

Uma das atrações em Vila Velha para o dia 10 de julho será a apresentação do Balé Guaíra, com a peça Olímpia. Nesse dia, o Parque terá bilheteria livre para a população. Durante a festa, um grupo de ciclistas federados vai inaugurar um novo passeio no local, o Ciclo Turismo. “É um novo roteiro para os visitantes que está sendo estruturado. No segundo semestre do ano o parque terá um roteiro de bicicleta que será oferecido pelas agências de turismo”, disse a supervisora de projetos do Paraná Projetos (responsável pela gestão pública da Unidade de Conservação), Angela Soares.

Trajetória

Entre junho e julho de 2016, a tocha vai passar pelas cidades de Curitiba, Londrina, Arapongas, Maringá, Campo Mourão, Cascavel, Matelândia, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha do Itaipu, Foz do Iguaçu, Céu Azul, Santa Tereza do Oeste, Realeza, Francisco Beltrão, Pato Branco, São José dos Pinhais, Fazenda Rio Grande, Araucária, Campo Largo, Ponta Grossa e Castro.

Colaboração AENPr