24°
Máx
17°
Min

Bolt é convocado pela Jamaica para tentar ganhar mais 3 ouros no Rio

(Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil) - Bolt é convocado pela Jamaica para tentar ganhar mais 3 ouros no Rio
(Foto: Tânia Rêgo/ Agência Brasil)

A Associação Jamaicana de Atletismo (JAAA) anunciou nesta segunda-feira a convocação dos 63 atletas que representarão o país no atletismo dos Jogos Olímpicos do Rio. Apesar de não ter participado das finais da seletiva nacional, Usain Bolt, como esperando, ganhou vaga nos 100m, nos 200 e no revezamento 4x100m. Ele ganhou as medalhas de ouro distribuídas em todas as três provas tanto em Pequim, em 2008, quanto em Londres, em 2012.

Na semana passada, o presidente do comitê olímpico jamaicano, Michael Fennell, já havia revelado ao Estadão.com que Bolt continuava fazendo parte da perspectiva do país para a Olimpíada.

Bolt pediu dispensa da final dos 100 metros da seletiva jamaicana, há 10 dias, por problemas físicos, e deixou o futuro nas mãos da federação. O velocista sofreu uma lesão de grau um na coxa esquerda e fez a requisição de um atestado médico, sendo convocado, tanto nos 100m quanto nos 200m, pela vaga atribuída pela JAAA a partir de critérios técnicos. Os dois primeiros colocados - Yohan Blake e Nickel Ashmeade - tinham vaga assegurada.

Dono de seis medalhas olímpicas de ouro, Bolt tinha o segundo melhor tempo da temporada nos 100 metros quando a competição nacional teve início. Com o bom desempenho dos rivais Justin Gatlin e Trayvon Brommell na seletiva dos Estados Unidos, ele passou a ocupar o quarto lugar do ranking.

Considerando o período classificatório para obtenção de índice olímpico - 1º de maio de 2015 a 11 de julho de 2016 -, Bolt figura na segunda posição. A convocação dele deixa de fora Jevaughn Minzie, que terminou em terceiro lugar nos 100 metros da seletiva jamaicana e só vai correr o revezamento. Elaine Thompson, que também apresentou atestado médico depois de não participar da seletiva nos 200m, também foi convocada.