26°
Máx
19°
Min

Brasil fica em sexto no 1º dia da disputa por equipes do nado sincronizado

(Foto: Ascom/ Setre/ ARQUIVO) - Brasil fica em sexto no 1º dia da disputa do nado sincronizado
(Foto: Ascom/ Setre/ ARQUIVO)


O Brasil abriu a sua participação na disputa por equipes dos Jogos Olímpicos do Rio com um sexto lugar na rotina técnica, realizada nesta quinta-feira, após a apresentação no Parque Aquático Maria Lenk, realizada sob o tema motoqueiras e ao som de "Black Betty", do Ram Jam.

As brasileiras somaram 84,7985 pontos, sendo 25,500 de execução, 25,8000 de impressão artística e 33,4985 de elementos. Com isso, a pontuação final superou os 82,937 obtidas pela equipe no Mundial de Esportes Aquáticos de 2015, em Kazan.

A equipe brasileira se apresentou com Duda Miccuci, Luisa Borges, Lara Teixeira, Maria Bruno, Maria Clara Lobo Coutinho, Beatriz Feres, Branca Feres e Lorena Molinos. Pamela Nogueira foi a reserva.

"A gente veio treinando todos esses anos para termos, realmente, a nossa melhor nadada aqui nas Olimpíadas. Nosso objetivo era estar mais próximo dos melhores do Mundo e tirar uma boa nota. Acho que conseguimos. Foi a nossa melhor nota, nessa coreografia. Conseguimos aumentar a pontuação e isso pra gente é muito bom, mostra que esses anos de treino foram recompensados", afirmou Duda Miccuci.

Atuais campeões mundiais e tetracampeãs olímpicas, as russas confirmaram o favoritismo e fecharam o dia em primeiro lugar, com 97,0106 pontos. A China conseguiu o segundo melhor desempenho, com 95,6174, e o Japão foi o terceiro colocado, com 93,7723.

A disputa por equipes do nado sincronizado prossegue nesta sexta-feira com a realização da rotina livre, a partir das 12 horas. Ao fim, as notas dos oito times são somadas com as desta quinta para definir a classificação final. Dessa vez, o tema das brasileiras será o carnaval, sob o som de Ivete Sangalo.