23°
Máx
12°
Min

Brasil pega Itália, EUA e França na 1ª fase do vôlei masculino no Rio-2016

(Foto: Divulgação)  - Brasil pega Itália, EUA e França na 1ª fase do vôlei masculino no Rio-2016
(Foto: Divulgação)

Trigésimo colocado na Liga Mundial do ano passado e 17.º no Campeonato Mundial de 2014, o México conseguiu a última vaga para os Jogos Olímpicos do Rio no vôlei masculino. A equipe mexicana, aliás, será adversária do Brasil na primeira fase. Os comandados de Bernardinho também enfrentam EUA, Canadá, França e Itália. As chaves foram sorteadas na manhã desta segunda-feira e o Grupo B tem Polônia, Rússia, Argentina, Irã, Cuba e Egito.

A presença de três equipes da América do Norte - e todas coincidentemente caíram no mesmo grupo - é fruto da eleição do brasileiro Ary Graça para a presidência da Federação Internacional de Vôlei (FIVB). Ele teve o apoio principalmente da Norceca, a confederação que reúne as equipes das Américas Central e do Norte. Sua plataforma era abrir espaço para países sem tradição e é isso que vai acontecer na Olimpíada.

A última vaga no Rio-2016 foi distribuída a partir de um Pré-Olímpico, sem equipes europeias ou asiáticas, que tinha México (24.º do ranking mundial), Chile (34.º), Argélia (31.º) e Tunísia (16.ª). No outro Pré-Olímpico, que distribuiu quatro vagas, foram eliminados Austrália (13.ª), China (19.ª), Japão (14.º) e Venezuela (20.ª). Europeus de peso como Bulgária (sétima) e Alemanha (nona) sequer puderam participar dos pré-olímpicos.

Isso faz com que a Olimpíada não reúna necessariamente os melhores times. Ainda assim, o Brasil vai ter parada dura na primeira fase, jogando contra EUA e França, equipes que o eliminaram na fase final da Liga Mundial do ano passado, exatamente no Maracanãzinho. A França venceu aquele torneio. Também joga contra o campeão (EUA) e vice (Itália) da Copa do Mundo do ano passado.

Avançam os quatro primeiros de cada grupo, eliminando os dois últimos. Canadá (décimo do ranking mundial) e México são favoritos a ficarem na primeira fase, mesmo posto que Argentina e Egito ocupam no Grupo B.

Na Liga Mundial deste ano, o Brasil pega os EUA na primeira semana, no Rio, e a França na terceira semana, na casa do rival. Na primeira fase da Liga, a equipe brasileira ainda joga contra Irã (duas vezes), Argentina, Polônia, Sérvia, Bulgária e Bélgica.