28°
Máx
17°
Min

Brasileira Rosane Budag é penúltima e fica fora da final da carabina de ar 10m

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil) - Brasileira é penúltima e fica fora da final da carabina de ar 10m
(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

O Brasil começou mal sua participação no período oficial de competições dos Jogos Olímpicos do Rio. Na manhã deste sábado, Rosane Budag ficou na modesta 50.ª e penúltima colocação na prova de carabina de ar 10m feminina, disputada no Centro de Tiro Esportivo, em Deodoro.

Rosane competiu mal durante toda a prova. Já na primeira parcial ela aparecia no último lugar. Atirando muito aquém das rivais, não conseguia atingir o centro do alvo. A brasileira competia também num ritmo mais lento. Enquanto havia quem já tinha passado dos 20 tiros, ela estava no oitavo - o placar, inteligente, mede a media de pontos por tiro.

Todas tinham 50 minutos para dar 40 tiros e Rosane foi acelerando na reta final. A brasileira escapou de ser a ultima a terminar a competição e da ultima colocação. Ficou só à frente de uma rival de Andorra, com 396,9 pontos. Li Du, da China, avançou em primeiro à final, com 420. Como comparação, no Pan de Toronto, em 2015, a brasileira somou 404,8 pontos nessa prova. Terminou também longe do pódio, em 16º lugar.

Agora, Rosane vai para a torcida. O namorado dela, Felipe Wu, 18 anos mais jovem, é a esperança de medalha na pistola 10m, a partir das 13 horas. Ele lidera o ranking mundial.