28°
Máx
17°
Min

Brasileiro perde na estreia e fica sem medalha na luta olímpica

(Foto: Divulgação/CBW) - Brasileiro perde na estreia e fica sem medalha na luta olímpica
(Foto: Divulgação/CBW)


Nascido na Armênia e naturalizado brasileiro para competir na Olimpíada do Rio, a trajetória de Eduard Soghomonyan nos Jogos durou pouco. Nesta segunda-feira, ele foi derrotado logo na estreia da categoria até 130kg pelo georgiano Iakobi Kajaia. Depois, a queda justamente de seu algoz o tirou de qualquer possibilidade de medalha.

Soghomonyan foi facilmente batido por Kajaia. Tomou duas punições por passividade logo no início do combate e na segunda, por escolha do georgiano, a luta foi para a posição par-terre, na qual o lutador punido, no caso o brasileiro, tem que ficar sobre quatro apoios.

Foi o suficiente para que um combate que já estava difícil para o brasileiro fosse definido. Kajaia disparou no placar e levou 8 a 0, fazendo com que a arbitragem encerrasse a luta por superioridade técnica do georgiano.

Após a derrota, Soghomonyan precisava torcer para que Kajaia fosse até a decisão da medalha de ouro. Se isso acontecesse, ele entraria na repescagem e poderia ainda lutar pelo bronze. Só que o georgiano acabou derrotado nas quartas pelo russo Sergey Semenov, o que tirou qualquer chance do brasileiro de ir ao pódio.

As finais do segundo dia da luta olímpica no Rio serão disputadas durante a tarde. A Soghomonyan restou a frustração da queda tão precoce depois de um processo de naturalização que durou dois anos, demora que quase o impediu de competir na Olimpíada pelo Brasil.