22°
Máx
17°
Min

Brasileiros caem e Phelps passa nos 100m borboleta; Ledecky bate recorde olímpico

(Foto: MDGovpics) - Brasileiros caem e Phelps passa nos 100m borboleta
(Foto: MDGovpics)

Os brasileiros Henrique Martins e Marcos Macedo estão fora da disputa dos 100 metros borboleta nos Jogos Olímpicos do Rio. Na tarde desta quinta-feira, no Estádio Aquático Olímpico, eles não conseguiram ficar entre os 16 melhores das eliminatórias que avançavam às semifinais, ao contrário do astro norte-americano Michael Phelps.

Henrique Martins foi quem mais se aproximou da vaga ao ficar na 21ª posição, com o tempo de 52s42, a 0s34 do último classificado, que foi Zheng Wen Quah, de Cingapura. Já Marcos Macedo foi apenas o 34º mais rápido entre os 43 participantes das eliminatórias, com o tempo de 53s87.

Quem roubou a cena nas eliminatórias foi o cingapuriano Joseph Scholling, que fez o melhor tempo das eliminatórias - 51s41 -, vencendo a bateria que contava com a presença de Phelps, que marcou 51s60. O tempo lhe rendeu apenas a quarta posição na classificação geral, atrás também do húngaro Laszlo Cseh, com 51s52, e do compatriota Tom Shields, com 51s58.

Phelps, que já conquistou três medalhas de ouro no Rio, voltará a competir duas vezes nesta noite. Ele disputará as semifinais dos 100m borboleta, que começarão às 23h34, e a final dos 200m medley, às 23h01.

RECORDE OLÍMPICO - Também pelas eliminatórias desta quinta-feira, a norte-americana Katie Ledecky bateu o recorde olímpico dos 800 metros ao vencer a sua série com o tempo de 8min12s86. Ela foi 6s57 mais rápida do que a segunda mais rápida, a húngara Boglarka Kapas.

Assim, Ledecky tem tudo para assegurar mais uma medalha de ouro na final dos 800m, que está agendada para a próxima sexta-feira, às 22h20. Em 2012, quando tinha apenas 15 anos, a norte-americana foi campeã olímpica na distância.

Já nas eliminatórias dos 200m costas feminino, quem avançou com o melhor tempo para as semifinais foi a húngara Katinka Hosszu, com o tempo de 2min06s09. Ela foi 1s31 mais rápida do que a segunda colocada, a canadense Hillary Caldwell. As semifinais estão agendadas para a noite de quinta.