22°
Máx
17°
Min

Brasileiros fracassam e ninguém avança na manhã do atletismo no Rio

100m rasos masculino, vencido por Usain Bolt, no domingo. (Foto: Ministério do Esporte) - Brasileiros fracassam e ninguém avança na manhã do atletismo no Rio
100m rasos masculino, vencido por Usain Bolt, no domingo. (Foto: Ministério do Esporte)


Dos oito brasileiros que disputaram eliminatórias do atletismo na Olimpíada do Rio na manhã desta terça-feira, nenhum conseguiu avançar às finais e semifinais no estádio do Engenhão.

O brasileiro Thiago André ficou em 11º na classificação final do primeiro grupo na prova de 1.500 metros. "Essa é a minha primeira experiência. Esse ano foi muito difícil para mim. Vim aqui e dei o meu melhor", disse Thiago André, antepenúltimo colocado.

Na prova do salto com vara, a mesma em que a vice-líder do ranking mundial Fabiana Murer foi eliminada precocemente, Joana Costa falhou na terceira tentativa para saltar a 4m30 e também caiu de forma antecipada. "Comecei bem. Passei tranquila no 4m15, e no 4m30 me atrapalhei".

Nos 100m com barreiras, Maila Machado foi eliminada na segunda bateria ao se classificar em sexto lugar. "Gostei da prova. Os 100m com barreira é muito forte. Não dá tempo de pensar. A mulherada lá fora corre", disse Maila Machado.

Nos 200m, Aldemir da Silva Junior ficou na sétima posição na sua série classificatória; Bruno Barros não conseguiu acompanhar o ritmo dos líderes e terminou em sétimo. O melhor desempenho foi de Jorge Vides, que terminou em terceiro lugar de sua bateria, mas sem a vaga. "Comecei bem e depois caí. É muito gratificante. Correr em casa me deixa muito feliz", disse o atleta.

A prova do lançamento de disco feminino definiu as vencedoras olímpicas: a croata Sandra Perkovic ganhou o ouro, enquanto a francesa Robert-Michon Melina e a cubana Denia Caballero ficaram com prata e o bronze, respectivamente.