22°
Máx
14°
Min

Buzacarini perde para campeão mundial e deixa disputa por medalhas no judô

Foto: Roberto Castro / Brasil 2016 - Buzacarini perde para campeão mundial e deixa disputa por medalhas
Foto: Roberto Castro / Brasil 2016

O brasileiro Rafael Buzacarini está fora da briga por medalhas na categoria até 100kg do judô na Olimpíada do Rio. Depois de vencer na estreia nesta quinta-feira, ele sucumbiu ao favoritismo do japonês Ryunosuke Haga, atual campeão mundial dos meio-pesados, e foi derrotado por desvantagem no número de punições na Arena Carioca 2.

Número 20 do mundo, Buzacarini estava longe de ser uma das principais esperanças de medalha para o Brasil na modalidade, mas se tornou mais um representante do judô masculino a cair cedo, seguindo o exemplo de Tiago Camilo, Felipe Kitadai, Charles Chibana, Alex Pombo e Victor Penalber, todos eliminados longe da briga por medalhas.

Depois de vencer o uruguaio Pablo Aprahamian, Buzacarini entrou esperançoso para enfrentar Haga, mas desde o início o japonês assumiu o comando do combate. Número 6 do ranking, atacou nos primeiros segundos e tentou um triângulo, mas o brasileiro escapou.

Com tranquilidade, Haga levou a luta sem grandes emoções até os últimos segundos. Com menos de um minuto no cronômetro, Buzacarini foi penalizado com um shido, o suficiente para dar a vitória ao japonês.

O brasileiro, no entanto, discordou da decisão do árbitro. "Tentei anular o japonês, mas ele é forte demais. Um shido é interpretação do árbitro, é isso, mas não foi shido. Tentei igualar, mas não deu. Bola para frente, é continuar treinando", declarou ao SporTV na saída do tatame.

A derrota de Buzacarini é mais uma decepção para uma modalidade que prometia ser o carro-chefe do Brasil nos primeiros dias de Jogos. Com exceção do ouro de Rafaela Silva, na segunda-feira, todos os outros judocas brasileiros que subiram no tatame abandonaram a competição sem medalha.

O País luta para mudar este retrospecto ainda nesta quinta-feira, com Mayra Aguiar. Uma das principais favoritas da categoria até 78kg, ela atropelou a australiana Miranda Giambelli em menos de um minuto na estreia e voltará ao tatame para enfrentar a alemã Luize Malzahn, número 5 do mundo.