22°
Máx
16°
Min

Campeã mundial no ciclismo vence recurso na CAS e está liberada para Rio-2016

Foto: AFP - Campeã mundial no ciclismo vence recurso e está liberada para Rio 2016
Foto: AFP

A ciclista britânica Lizzie Armitstead está liberada para participar dos Jogos Olímpicos do Rio após ter sucesso em um recurso apresentado à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) contra uma suspensão imposta em razão de supostas violações ao código antidoping.

Armitstead é apontada como um das favoritas para a prova feminina do ciclismo de estrada nos Jogos do Rio. A sua presença na Olimpíada, porém, era incerta, pois ela havia sido suspensa provisoriamente pela Agência Antidoping da Grã-Bretanha (UKAD) por não ter realizado três testes em um período de 12 meses. Além disso, corria o risco de pegar um gancho de dois anos.

Ela, então, recorreu à CAS, e um comunicado divulgado por Armitstead explicou que o primeiro exame realizado pela ciclista foi declarado nulo pelo tribunal porque o representante para controle de doping não seguiu o procedimento adequado.

Nesta terça-feira, a UKAD confirmou a decisão da CAS. "Nós respeitamos o resultado (da audiência)", declarou nesta terça-feira Nicole Sapstead, a chefe-executiva da agência antidoping.

"Sempre fui e sempre serei uma atleta limpa e sempre deixei clara a minha posição contra o doping durante toda a minha carreira", disse Armistead. "Estou satisfeita que a CAS aceitou a minha posição, após fornecer informações detalhadas que demonstraram a situação em torno das ausências", acrescentou a britânica.

Armitstead, de 27 anos, é a atual campeã mundial do ciclismo de estrada, além de ter faturado uma medalha de prata nos Jogos de Londres, em 2012. A sua participação na Olimpíada do Rio está marcada para o próximo domingo.