24°
Máx
17°
Min

Canoagem do Brasil fica fora da luta por medalha no K4 1000m e no K1 200m

(Foto: Brasil 2016) - Canoagem do Brasil fica fora da luta por medalha no K4 1000m
(Foto: Brasil 2016)

Apenas Isaquias Queiroz e Erlon de Souza lutarão por medalha pelo Brasil neste sábado nos eventos da canoagem velocidade nos Jogos Olímpicos do Rio. Afinal, nesta sexta-feira os canoístas do País falharam na tentativa de se classificar para a final A das respectivas provas.

Na disputa do caiaque quádruplo (K4) 1000 metros, Roberto Maehler, Vagner Souta, Celso Oliveira e Gilvan Bitencourt ficaram em sexto e último lugar na segunda série semifinal com a marca de 3min09s220. Antes, nas eliminatórias, avançaram com sexto tempo entre os sete caiaques da sua bateria, com o tempo de 3min04s804.

Neste sábado, os brasileiros vão disputar a final B do K4 1000m a partir das 10h04. Depois, as 10h12, será a vez da final A - a República Checa fez o melhor tempo entre os classificados, com 2min52s027.

Já o brasileiro Edson da Silva deixou a disputa do caiaque individual (K1) 200m logo nas eliminatórias após ficar apenas em sétimo lugar na primeira bateria, com o tempo de 35s665, vencida pelo alemão Ronald Rauhe em 34s350.

A marca de Edson, que foi medalhista de prata do K1 200m no Pan de 2015, foi apenas a 20ª entre os 22 participantes. O britânico Liam Heat foi o mais rápido das semifinais, com a marca de 34s076.

Mais cedo, Isaquias Queiroz e Erlon de Souza avançaram em primeiro lugar para a final do C2 (canoa dupla) 1.000m. A final está marcada para as 9h22.