22°
Máx
16°
Min

China confirma domínio no tênis de mesa e fatura quarto ouro nos Jogos do Rio

(Foto: Divulgação/Estadão)  - China confirma domínio no tênis de mesa e fatura quarto ouro
(Foto: Divulgação/Estadão)

A China confirmou nesta quarta-feira a hegemonia no tênis de mesa e conquistou a última medalha de ouro que faltava na modalidade dos Jogos Olímpicos do Rio. Na decisão por equipes masculina, derrotou o Japão por 3 a 1 e subiu pela quarta vez no degrau mais alto do pódio na competição.

Antes, o país já havia vencido o individual masculino e também o individual e por equipes feminino. A equipe masculina, assim como a feminina, nunca perdeu em Olimpíadas. A modalidade começou a ser disputada nos Jogos de Pequim-2008 e sempre teve vitória dos chineses.

Quando atuou em casa, o time masculino chinês superou a Alemanha na decisão. Em Londres-2012, derrotou a Coreia do Sul e agora foi a vez dos japoneses. A caminhada até a final nos Jogos do Rio foi sem perder nenhum set sequer. Venceu todos as partidas por 3 a 0. Na estreia, derrotou a Nigéria, nas quartas de final eliminou a Grã-Bretanha e nas semifinais passou fácil pela Coreia do Sul.

Na final desta quarta-feira, os chineses começaram a disputa com uma vitória por 3 a 0 de Long Ma sobre Koki Niwa - com parciais de 11/6, 11/9 e 11/6. Os japoneses reagiram com um sofrido triunfo de Jun Mizutani sobre Xin Xu por 3 a 2: 12/10, 11/9, 3/11, 7/11 e 12/10.

Nas duplas, os chineses levaram um susto ao perder o primeiro set, mas Xin Xu e Jike Zhang conseguiram virar para 3 a 1 sobre Maharu Yoshimura e Koki Niwa: 4/11, 11/6, 11/9 e 11/5. Por fim, Long Ma derrotou Maharu Yoshimura e dispensou o quinto e decisivo jogo. Sem muita dificuldade, derrotou o adversário por 3 a 0, com parciais de 11/1, 11/4 e 11/4.

ALEMANHA É BRONZE - A equipe alemã derrotou a Coreia do Sul por 3 a 1 e ficou com a medalha de bronze nesta quarta-feira. O resultado é o mesmo conquistado pelo país nos Jogos de Londres. Em Pequim, os alemães ficaram com a prata.