22°
Máx
14°
Min

China fatura terceiro ouro nos saltos ornamentais; Brasileiras ficam em último

(Foto: Vítor Silva / SSPress / CBDA) - China fatura ouro nos saltos ornamentais; brasileiras ficam em último
(Foto: Vítor Silva / SSPress / CBDA)

Até este quinto dia oficial de Olimpíada, saltos ornamentais são sinônimos de ouro para a China. Nesta terça-feira, foi disputada a terceira prova da modalidade, e o país subiu no lugar mais alto do pódio mais uma vez. Agora, com Ruolin Chen e Huixia Liu, na prova feminina sincronizada da plataforma de 10 metros.

Com o retrospecto, a China confirma sua força nos saltos ornamentais, especialmente nas provas sincronizadas. Foram nelas que o país faturou o ouro na plataforma de 10 metros masculino, com Aisen Chen e Yue Lin, e no trampolim de 3 metros feminino, com Tingmao Shi e Minxia Wu.

Nesta terça-feira, Chen e Liu fecharam o dia com a nota somada de 354,00, bem à frente das malaias Jun Hoong Cheong e Pandelela Rinong Pamg, que ficaram com a prata com 344,34. A terceira colocação e a medalha de bronze foram para as canadenses Meaghan Benfeito e Roseline Filion, com 336,18.

O Brasil foi representado na prova por Ingrid Oliveira e Giovanna Pedroso. Medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no ano passado, elas não tinham qualquer pretensão de medalha e acabaram mesmo na última colocação, com 280,98. A dupla, aliás, foi a única a ficar abaixo de 300,00.