22°
Máx
14°
Min

Com cinco ouros, Estados Unidos disparam no quadro de medalhas do Rio-2016

Foto: Divulgação  - Com cinco ouros, Estados Unidos disparam no quadro de medalhas
Foto: Divulgação

Na última quarta-feira, o Japão foi o melhor do dia com a conquista de três medalhas de ouro. Nesta quinta, em mais uma jornada de sucesso na natação, os Estados Unidos fizeram melhor. Maior potência olímpica, ganharam nada menos que cinco ouros e dispararam no quadro de medalhas do Rio-2016. Agora os norte-americanos têm uma tranquila vantagem para a China, a segunda colocada.

No total, os Estados Unidos estão com 16 medalhas de ouro, 12 de prata e 10 de bronze. São 38 medalhas contra 30 da China, que possuem 11 douradas, oito prateadas e 11 bronzeadas. Nesta quinta-feira, os norte-americanos dispararam com vitórias na natação (três, sendo uma com o multicampeão Michael Phelps), na ginástica artística (com Simone Biles) e no judô. Já os chineses brilharam apenas com a dobradinha no tênis de mesa individual masculino.

Tentando se manter perto da China, o Japão aparece no terceiro lugar com sete medalhas de ouro. Nesta quinta-feira, só ganhou uma com Rie Kaneto na prova dos 200 metros peito feminino da natação. O que os japoneses mais têm são medalhas de bronze - 13 no total, sendo o país que mais vezes chegou em terceiro lugar em uma prova olímpica até o momento.

Na briga dentro do Top 10, os países disputam medalha a medalha as melhores colocações. Do quarto colocado, a Austrália, até o 10.º, a Itália, apenas duas de ouro de diferença. Os australianos têm cinco e são seguidos por Coreia do Sul, Hungria (também cinco cada), Rússia, Grã-Bretanha e França (quatro cada) e, por fim, os italianos (com três).

O Brasil ganhou mais uma medalha nesta quinta-feira, mas o bronze da judoca Mayra Aguiar não teve um efeito positivo na tabela de classificação. Teve, sim, o efeito contrário pelo fato de outros países terem conquistado ouros e ultrapassado os brasileiros. Assim, o País caiu de 17.º para o 22.º lugar com um ouro (Rafaela Silva, no judô), uma prata (Felipe Wu, no tiro esportivo) e o bronze de Mayra Aguiar.

Até agora, 56 países já ganharam ao menos uma medalha no Rio-2016. As novidades do dia foram Noruega, Estônia, Lituânia, Romênia e Fiji. Os três primeiros ganharam bronze e prata no remo, que nesta quinta-feira distribuiu as suas primeiras medalhas no Rio-2016. Os romenos foram campeões na esgrima por equipe feminino e o rúgbi sevens masculino teve o país da Oceania como o primeiro vencedor da história olímpica.