22°
Máx
17°
Min

Com número recorde, Brasil convoca 278 atletas para os Jogos Paralímpicos

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) anunciou nesta terça-feira a lista de convocados para representar o País nos Jogos deste ano no Rio. No recém-inaugurado Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo, a entidade definiu a maior delegação já enviada pelo Brasil para o evento, com 278 atletas.

Dono da casa, o País terá pela primeira vez na história representantes em todas as 22 modalidades que compõem a Paralimpíada. No total, serão 181 homens e 97 mulheres com o objetivo de ficar entre os cinco melhores no quadro geral de medalhas, meta traçada pelo próprio CPB após a sétima posição em Londres, em 2012.

"Materializar a delegação dos Jogos Paralímpicos Rio-2016 é um momento muito importante para o Comitê Paralímpico Brasileiro. Será a maior e melhor delegação paralímpica brasileira de todos os tempos. Estamos muito orgulhosos, pois também será a primeira vez que estaremos em 100% das modalidades que compõem o programa paralímpico, também por ser o país-sede. Estamos ansiosos para entrar na Vila dos Atletas com esta delegação", disse o presidente do CPB, Andrew Parsons.

O número de integrantes da delegação é ainda maior se for levado em conta o elenco de apoio. Serão 16 atletas-guia (atletismo), três calheiros (bocha) e mais dois goleiros (futebol de 5), além do auxílio de 195 oficiais técnicos, que completam as 494 pessoas que irão compor a delegação do Brasil na Vila dos Atletas, no Rio.

Entre os chamados, alguns grandes destaques do esporte paralímpico brasileiro nos últimos anos, como os multicampeões Daniel Dias, Clodoaldo Silva e Andre Brasil, na natação, e Terezinha Guilhermina, Yohansson do Nascimento e Alan Fonteles, no atletismo. Dos convocados, 44 atletas, de 11 modalidades, já conquistaram medalhas em Paralimpíadas e agora tentarão repetir o feito no Rio.

Os Jogos Paralímpicos do Rio terão início em 50 dias, em 7 de setembro, com encerramento previsto para o dia 18. Serão mais de quatro mil atletas de 176 países diferentes na disputa de 528 medalhas.