22°
Máx
17°
Min

Com quebra de recorde, Montanha consegue índice olímpico no lançamento do martelo

O pernambucano Wagner Domingos, o Montanha, obteve neste domingo o índice olímpico no lançamento do martelo. No Meeting de Celje, na Eslovênia, ele alcançou a marca de 78,63 metros. De quebra, ainda bateu o recorde brasileiro e sul-americano na modalidade.

A conquista quebra um jejum de 84 anos. A último brasileiro a disputar uma Olimpíada no lançamento do martelo foi Carmine Di Giorgi, nos Jogos de Los Angeles, nos Estados Unidos, em 1932. Montanha superou o índice olímpico, de 77 metros, e quebrou pela quarta vez o seu próprio recorde brasileiro este ano.

Na última quarta-feira, ele havia marcado 76,12 metros em Zagreb, na Croácia. Sua melhor marca até então. Desta vez ele também deixou para trás o recorde sul-americano, que pertencia ao argentino Juan Cerra e tinha sido conquistado em 2006, com 76,42 metros.

"Estou muito feliz pelo recorde e por garantir a participação na Olimpíada, principalmente porque os Jogos serão no Brasil", comemorou. "Agora volto ao Brasil no dia 26 e aí vou disputar o Troféu Brasil", emendou.