28°
Máx
17°
Min

Condutores da Tocha Olímpica: Flávio Harmata Marinho

Flávio é Personal de um jovem de 24 anos, portador de necessidades especiais (Foto: Arquivo Pessoal) - Condutores da Tocha Olímpica: Flávio Harmata Marinho
Flávio é Personal de um jovem de 24 anos, portador de necessidades especiais (Foto: Arquivo Pessoal)

Personal Trainer de um jovem portador de necessidades especiais, a história do professor Flávio Harmata Marinho foi uma das escolhidas para representar Curitiba no revezamento, sendo um dos indicados pelo Bradesco a conduzir a Tocha Olímpica Rio 2016.

Flávio é Personal de um jovem de 24 anos, portador de necessidades especiais. O professor dedica seis dias da sua semana ao jovem há três anos, buscando o garoto em casa e levando para os exercícios físicos, alguns dias na academia onde Flávio trabalha, outros em parques da cidade. “Outros dias da semana as atividades são executadas em um parque em Curitiba. Estes são os dias preferidos do menino”, conta o relato de Gabrielle Ducci, namorada do professor que enviou a história para o Bradesco.

Além de professor, Flávio se tornou um amigo do jovem, que muitas vezes só sai da cama quando ele chega. “Através do seu trabalho, feito com dedicação e amor, Flávio conquistou a amizade de alguém que tanto precisa de cuidados”, relata Gabrielle.

 “Quando ele ficou sabendo que havia sido um dos selecionados para conduzir a tocha, teve visivelmente um misto de alegria, satisfação e emoção”, contou a namorada sobre a reação do professor. Para Flávio, ser um dos selecionados será algo a ser contado para o resto da vida. “Carregar o maior símbolo dos jogos, o símbolo da união dos povos, será incrível. Podendo contar durante o resto da vida fez parte dos primeiros jogos olímpicos na América do Sul”, diz.