22°
Máx
14°
Min

Condutores da Tocha Olímpica: Ruinei Santos Do Amaral

O vigilante Ruinei Santos do Amaral uniu sua paixão pelo futebol à vontade de ajudar o próximo (Foto: Arquivo Pessoal) - Condutores da Tocha Olímpica: Ruinei Santos Do Amaral
O vigilante Ruinei Santos do Amaral uniu sua paixão pelo futebol à vontade de ajudar o próximo (Foto: Arquivo Pessoal)

Condutores da Tocha: Ruinei Santos Do Amaral

Paixão pelo esporte unido à vontade de ajudar o próximo: esse é Ruinei Santos do Amaral, um dos indicados do Bradesco a ser condutor da Tocha Olímpica Rio 2016 em Curitiba. Vigilante à noite e coordenador de um projeto social de dia, Ruinei transformou seu sonho em realidade, tirando crianças da rua e lhes entregando um futuro melhor.

A história do ‘Seu Rui’, como é chamado carinhosamente, foi contada por Adriel Gael, seu amigo e servidor público. No relato entregue ao Bradesco, Gael conta que o vigilante “leva a esperança de um futuro melhor para as crianças”.

E é justamente esse o nome do projeto: “Esperança do amanhã”. Contando com 65 meninos e meninas e nenhuma ajuda de órgãos públicos, Ruinei dedica sua folga às crianças, coordenado uma escola de futebol sem fins lucrativos para os jovens carentes. “Esse sonho foi crescendo dentro de mim, de querer ajudar a essas crianças e também aqueles que eu via aqui pela rua fazendo coisa errada. Com muito esforço consegui fazer esse projeto”, conta o vigilante.

O programa Tribuna da Massa Curitiba, da Rede Massa, mostrou o trabalho de Ruinei em maio de 2015, o que levou as pessoas a conhecerem seu projeto. “Inclusive é essa matéria que está lá no site do Bradesco, que o meu colega enviou para me indicar”, explica. Para o vigilante, a seleção como condutor foi uma surpresa. “Estou imensamente agradecido e alegre por terem reconhecido esse trabalho, e poder fazer parte deste momento que para mim será histórico”.

Ruinei percorrerá os 200m carregando a Tocha Olímpica Rio 2016 na Rua 24 de Maio, nesta quinta-feira (14), em Curitiba.

Colaboração Louise Fiala