24°
Máx
17°
Min

Consulado russo nega envolvimento de vice-cônsul em homicídio

(Foto: Divulgação)  - Consulado russo nega envolvimento de vice-cônsul em homicídio
(Foto: Divulgação)


O Consulado Geral da Rússia no Brasil negou o envolvimento de um de seus diplomatas em uma caso de homicídio no Rio de Janeiro. Na tarde desta quinta-feira, um suposto vice-cônsul do país teria reagido a um assalto na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, e teria matado o criminoso.

Em nota, a representação oficial russa afirmou que "nenhum representante do Consulado Geral da Rússia no Rio de Janeiro foi envolvido no caso mencionado. Os funcionários da representação diplomática não são armados, então deve ter sido algum desentendimento".

De acordo com a Polícia Civil carioca, a arma acionada era do assaltante. A corporação não sabia informar, no entanto, se o disparo foi realizado pelo diplomata ou pelo criminoso.

"Além disso, os funcionários do Consulado Geral da Rússia são cidadãos russos, com nomes russos, o que não é o caso", acrescentou. O nome do envolvido não foi revelado pela Polícia, mas seria um advogado brasileiro de cerca de 60 anos.