22°
Máx
16°
Min

Contraprova confirma doping e italiana do vôlei de praia está fora do Rio-2016

(Foto: Beth Santos/ PCRJ) - Contraprova confirma doping e italiana está fora do Rio-2016
(Foto: Beth Santos/ PCRJ)

A contraprova do exame antidoping realizada na manhã desta quarta-feira da italiana Viktoria Orsi Toth, do vôlei de praia, confirmou o resultado positivo para o esteroide anabolizante clostebol metabolita. A substância, segundo a atleta, estaria presente em uma pomada. Ainda assim, ela está fora da Olimpíada do Rio de Janeiro.

O resultado prévio, fruto de um exame realizado pela Agência Nacional Antidoping (Nado) italiana no dia 19 de julho, havia sido divulgado na terça. Viktoria, então, pediu uma contraprova urgente. E os resultados confirmaram o doping.

"A contraprova efetuada nesta manhã pelo laboratório da Acqua Acetosa confirmou o resultado positivo de Viktoria Orsi Toth para a substância clostebol metabolita", informou a Federação Italiana de Vôlei em seu site.

Viktoria, de 25 anos, é dupla de Marta Mennegathi, treinada pelo brasileiro Lissandro Carvalho. As duas tinham estreia marcada para domingo, contra as canadenses Broder e Valjas.

Nascida em Budapeste, na Hungria, a jogadora se mudou para a Itália aos cinco anos. É filha de atletas - seu pai era do decatlo e a mãe jogou basquete pela Itália - e integrou o time vencedor do campeonato europeu júnior de vôlei de quadra, em 2008.