21°
Máx
17°
Min

"Deus me trouxe aqui para fazer a diferença", afirma goleiro Weverton

(Foto: Rio 2016) - Goleiro do Atlético-PR defende pênalti e brilha na seleção brasileira
(Foto: Rio 2016)

A seleção brasileira conquistou o último título que faltava neste sábado. Em um Maracanã lotado, empatou com a Alemanha por 1 a 1 no tempo real e na prorrogação, mas levou a melhor na disputa por pênaltis, ao vencer por 5 a 4. O goleiro Weverton defendeu a quinta cobrança dos germânicos, de Petersen.

"Só vou falar uma coisa: pátria amada, o ouro é nosso, mas a glória é de Deus. Deus me trouxe aqui para fazer a diferença", disse o goleiro.

Weverton foi o último convocado para os Jogos. O arqueiro foi chamado para substituir Fernando Prass, do Palmeiras, que se lesionou durante a preparação. O goleiro do Atlético-PR, que vai levar a bola do pênalti defendido para casa, afirmou que a geração brasileira fez história.

" A bola é minha, porque é uma história. Com todo o respeito a todos que têm uma história bonita no Brasil, muita gente tentou, mas Deus escolheu esta geração para fazer história. E a gente fez. A gente merece respeito, essa geração merece respeito pelo fez. Foi um jogo de luta, de vontade, com a cara do Brasil. O torcedor está de parabéns".