24°
Máx
17°
Min

Em alerta contra terrorismo, BH reforça segurança para jogos dos EUA e da França

Estados Unidos e Nova Zelândia se enfrentam às 19 horas no Mineirão (Foto: Divulgação) - Em alerta contra terrorismo, BH reforça segurança para jogos
Estados Unidos e Nova Zelândia se enfrentam às 19 horas no Mineirão (Foto: Divulgação)

As duas primeiras partidas do torneio olímpico de futebol feminino em Belo Horizonte, marcadas para esta quarta-feira, são consideradas de alto risco de atentado terrorista, e receberam forte aparato de segurança. Estados Unidos e Nova Zelândia se enfrentam às 19 horas no Mineirão. Na sequência jogam França e Colômbia, às 22h.

Desde o fim de semana está em operação na capital forte esquema de segurança em função dos jogos. Ao todo são 9,2 mil policiais militares nas ruas da cidade, onde acontecerão dez partidas de futebol, entre jogos dos torneios feminino e masculino. Na Savassi, Zona Sul da cidade, destino de torcedores na Copa do Mundo de 2014, na tarde de terça-feira havia cerca de 60 policiais na principal praça da região.

Um centro voltado especificamente para acompanhar possíveis ocorrências relacionadas com a segurança foi montado na Cidade Administrativa, sede do governo de Minas, com a participação da Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar e Exército. Conforme informações da Secretaria de Estado de Defesa Social, três unidades dos Centros Integrado de Comando e Controle Móvel (CICC Móvel) funcionarão no entorno do Mineirão.

O objetivo "é auxiliar a tomada de decisões rápidas de forma integrada e aumentar o monitoramento de pontos críticos com câmeras de grande alcance". O CICC Móvel, que são grandes caminhões utilizados em eventos de maior porte, também funcionará como base de captação de imagens. "O veículo tem dez câmeras acopladas - duas delas em grandes hastes que permitirão o monitoramento de um raio de até 3.000 metros quadrados", ainda segundo dados da secretaria. As imagens são transmitidas para o centro montado na sede do governo.