21°
Máx
17°
Min

Equipe brasileira de hipismo fecha primeiro dia do adestramento em último no Rio

(Foto: Washington Alves/Exemplus/COB) - Equipe brasileira de hipismo fecha primeiro dia em último
(Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)


O Brasil não começou bem na prova de adestramento no hipismo olímpico. Nesta quarta-feira, primeiro dia desta categoria da modalidade nos Jogos do Rio, a equipe composta por Luiza Almeida, Pedro Almeida, João Victor Marcari e Giovana Pass terminou na última das 11 colocações no Centro Olímpico de Hipismo.

Neste primeiro dia de provas, competiram somente Pedro Almeida e Giovana Pass, e o desempenho não foi dos melhores. Giovana teve 67.700 de nota, enquanto Pedro teve 65.714, resultando na média de 66.707 para o Brasil. Luiza Almeida e João Victor Marcari serão os representantes do País no segundo dia de disputas, nesta quinta.

A nota brasileira ficou bem atrás das primeiras colocações. A liderança do primeiro dia ficou com a Alemanha, com 79.157, seguida da Holanda, com 75.271, e da Grã-Bretanha, com 74.921.

Os desempenhos de Pedro Almeida e Giovana Pass também valeram para a prova individual, na qual os brasileiros também aparecem bem distantes das primeiras colocações. Giovana fechou o dia em 20.º, enquanto Pedro foi o 24.º. A liderança é da alemã Dorothee Schneider, seguida por seu compatriota Sonke Rothenberger e pela britânica Fiona Bigwood.