22°
Máx
14°
Min

Estados Unidos ganham 3 ouros e estão próximos de serem 'campeões' do Rio-2016

(Foto: Rio 2016) - Estados Unidos ganham 3 ouros e estão próximos de serem 'campeões'
(Foto: Rio 2016)

O que todos previam antes da Olimpíada deve acontecer neste sábado. Potência do esporte mundial, os Estados Unidos estão muito perto de serem os "campeões" dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. O título é apenas simbólico, mas ele pode, e muito provavelmente deve, ser conquistado neste penúltimo dia de competições nas arenas e ruas da capital fluminense.

Nesta sexta-feira, os Estados Unidos conquistaram três medalhas de ouro - no atletismo, no ciclismo BMX e no polo aquático - e chegaram a 35 no total. A diferença para a Grã-Bretanha, que surpreende ao estar à frente da China, é de 14 medalhas douradas. Sendo assim, com pouco mais de 20 provas a serem disputadas nesta Olimpíada, o título está muito perto dos norte-americanos.

Se sabe que a disputa com os Estados Unidos é inglória, a Grã-Bretanha está de olho mesmo no desempenho da China. A briga pelo segundo lugar está ferrenha e apenas duas medalhas de ouro separam os países. Os britânicos estão com 24 e ainda levam vantagem por ter mais pratas que os chineses - 22 a 18. Só perdem no número de bronzes (14 a 25).

Já o Brasil, sem qualquer medalha nesta sexta-feira, regrediu na classificação geral. Com os ouros na vela e no vôlei de praia na última quinta, o País havia ultrapassado Jamaica e Espanha e subido para o 13.º lugar. Um dia se passou e justamente estes países ganharam uma de ouro cada - atletismo para os jamaicanos e badminton para os espanhóis - e deixaram os brasileiros para trás, na 15.ª colocação.

O sonho de terminar a Olimpíada em casa no Top 10 é uma coisa praticamente impossível. O máximo que o Brasil pode sonhar é com a 12.ª colocação, mas para isso o futebol masculino e o vôlei masculino obrigatoriamente precisam vencer as suas finais neste fim de semana. Além disso, é preciso contar com mais uma medalha dourada, com grandes chances de ser na canoagem velocidade. Atualmente tem a mesma quantidade (5) para ouro, prata e bronze.

Até agora, 83 países já ganharam ao menos uma medalha no Rio-2016. A novidade do dia foi Costa do Marfim, que conquistou as duas primeiras medalhas no mesmo dia - ouro e bronze no tae kwon do.