22°
Máx
17°
Min

Estande interativo de Foz do Iguaçu faz sucesso na Casa Brasil, no Rio de Janeiro

Até quem conhece as Cataratas fica impressionado ( foto: Fábio Canhete) - Estande interativo faz sucesso na Casa Brasil, no Rio de Janeiro
Até quem conhece as Cataratas fica impressionado ( foto: Fábio Canhete)

Até quem conhece as Cataratas do Iguaçu fica impressionado com o estande interativo do Destino Iguaçu, montado pela Itaipu Binacional na Casa Brasil, no Rio de Janeiro. Para a carioca Marlene Maria Granadeiro Domett, estar no ambiente foi como revisitar o atrativo.

“Adorei; me fez recordar a viagem que fiz há alguns anos para Foz do Iguaçu. É tudo bem real. Parece que estou tomando um banho de chuva nas quedas”, disse.

A opinião é compartilhada por centenas de turistas que passam pelo espaço. A Casa Brasil foi aberta na última sexta-feira (6) e só no primeiro dia recebeu a visita de 20 mil pessoas. Os organizadores estimam que, em média, 10 mil pessoas, entre cariocas e turistas de todo o mundo, vão passar diariamente pelo espaço.

“Realista”

Para Daniela Silva Branco, conhecer o estande foi o empurrãozinho que faltava para conhecer as Cataratas. Ela pretende viajar até o final do ano para realizar o projeto. 

“O estande está impecável. Muito realista.” Fábio Silva de Azevedo, também carioca, adorou a experiência. “O espaço é muito interativo. A impressão que dá é que estamos debaixo de uma cascata. Dá vontade de conhecer o local.”

O estande traz o “Foz do Iguaçu Experience”, em que o visitante faz uma “imersão” de 180 graus no principal atrativo de Foz, as Cataratas do Iguaçu. Numa cabine especial, são projetadas imagens das Cataratas sobre uma cortina de vapor d´água e também nas laterais. 

O visitante tem a sensação de estar pertinho delas, ouvindo o ruído das quedas e até sentindo o chuvisco que elas provocam ao despencar. Na área externa, um painel de LED, de alta qualidade, convida os visitantes a entrar no estande e apresenta, também, o novo vídeo institucional do Destino Iguaçu, em tecnologia 4K.

Um pouco do Brasil

Na Casa Brasil, durante todo o período dos Jogos Olímpicos Rio 2016, o público vai conhecer um pouco do que existe nos 26 Estados e no Distrito Federal. Serão 46 dias de muito samba, roda de violeiros, grupos folclóricos, degustação de vinhos, cafés e cachaças e artesanatos de todas as parte do País.

No site do Ministério do Turismo, Vinícius Lummertz, presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), um dos organizadores da iniciativa, comemorou o alcance de público e reforçou o convite a brasileiros e estrangeiros que estão na capital carioca: 

"A Casa Brasil é um espaço para nos sentirmos em casa durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos. Aqui todos encontram e se encantam com a diversidade turística, cultural e natural brasileira".

Para a gerente de atendimentos e planejamento Ana Paula Vieira, o espaço da Casa Brasil instiga o visitante a conhecer outras regiões brasileiras. Após curtir o estande Foz do Iguaçu Experience e apreciar as exposições dos patrimônios imateriais, ela acredita que, principalmente os estrangeiros, vão se encantar com o Brasil. "A Casa mostra nossas belezas e os turistas vão sentir mais vontade ainda de explorar o País", opinou.

Sobre a Casa Brasil

Com programação diversificada e rica em interatividade, a Casa Brasil reúne em um só espaço esporte, cultura, turismo e oportunidades de negócios, com conceito inovador, rico em experiências sensoriais e tecnologias audiovisuais de ponta. O projeto arquitetônico envolvente leva o visitante a uma viagem por todas as regiões.

Na Casa, o Brasil está representado por seis eixos temáticos: diversidade artística e cultural, promoção de destinos turísticos, excelência esportiva e legado olímpico, oportunidades de negócios e investimentos, sustentabilidade e meio ambiente, além de políticas públicas de igualdade e inclusão.

Participam do projeto os ministérios do Esporte, Turismo, Cultura, Relações Exteriores, Saúde e Educação; Embratur, Apex-Brasil, Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Correios, Petrobrás e BNDES. A Casa está aberta ao público até 18 de setembro e tem entrada gratuita todos os dias, das 10h às 20h.

Colaboração: Assessoria de imprensa