24°
Máx
17°
Min

Estudante iguaçuense se prepara para carregar a Chama Olímpica na fronteira

Estudante iguaçuense se prepara para carregar a Chama Olímpica

A expectativa pela passagem da Tocha Olímpica pela fronteira é grande. Mais de 100 pessoas carregarão a chama pelas principais ruas e avenidas de Foz do Iguaçu. Cada condutor da Tocha passou por um critério de seleção do comitê olímpico. Autoridades da cidade, empresários, pioneiros, servidores e até estudantes.

Eduardo Lima, 19 anos é acadêmico do 1º período do curso de Jornalismo e um dos escolhidos. Ele irá carregar a chama por cerca de 200 metros que terão como ponto de partida a Mesquita Muçulmana.

Eduardo conta que se inscreveu em um concurso da Coca-Cola que iria escolher, por meio de uma história que “valesse ouro”, uma pessoa para carregar a Tocha. O estudante contou a história dele e dos amigos que fazem parte de um grupo de jovens que promoveu o “Dia do abraço grátis” para turistas na Itaipu Binacional em Foz.

Para a surpresa de Eduardo, a história foi indicada ao comitê de organização que o selecionou como um dos condutores oficiais.

“A sensação é indescritível. Não esperava ser escolhido e desde o dia que fui pré-selecionado, a emoção só aumenta junto com a ansiedade” Comenta.

Para o “grande dia”, Eduardo recebeu um Kit especial da Coca-Cola contendo camisetas, produtos oficiais e um par de tênis para o percurso, além do uniforme oficial do Comitê Olímpico.