22°
Máx
16°
Min

EUA vencem 4x200m livre e Katie Ledecky fatura 3º ouro no Rio

(Foto: Divulgação/Twitter/Rio2016) - EUA vencem 4x200m livre e Katie Ledecky fatura 3º ouro no Rio
(Foto: Divulgação/Twitter/Rio2016)

Com mais um grande desempenho de Katie Ledecky, os Estados Unidos conquistaram o bicampeonato no revezamento 4x200 metros livre, na noite desta quarta-feira, no Estádio Aquático Olímpico, no Rio de Janeiro. Ledecky, que fez a diferença na prova, faturou sua terceira medalha de ouro na Olimpíada do Rio.

A equipe norte-americana bateu na frente com o tempo de 7min43s03, contando ainda com Allison Schmitt, Leah Smith e Maya DiRado. Ledecky foi a última a cair e levou o time ao triunfo ao assumir a ponta da prova, quando a Austrália ainda liderava.

Com time formado por Leah Neale, Emma McKeon, Bronte Barratt e Tamsin Cook, as australianas levaram a prata, com 7min44s87. Logo atrás veio a equipe canadense (Katerine Savard/Taylor Ruck/Brittany MacLean/Penelope Oleksiak), com o tempo de 7min45s39.

Com o triunfo do revezamento, Ledecky, uma das sensações desta Olimpíada, faturou sua terceira medalha de ouro. Antes, ela subiu ao lugar mais alto do pódio nos 200 metros livre e nos 400 metros livre, que contou até com recorde mundial. A norte-americana tem ainda uma prata, obtida no revezamento 4x100 metros livre.

Desta forma, ela desbanca, ainda que provisoriamente, o compatriota Michael Phelps num duelo direto na briga por medalhas no Rio. O supercampeão olímpico tem três medalhas de ouro, nenhuma de prata ou bronze.

Antes do revezamento, na prova dos 200 metros borboleta, a espanhola Mireia Belmonte conquistou enfim sua primeira medalha de ouro em Olimpíadas. Ela tinha duas pratas, ambas obtidas em Londres-2012, e um bronze, conquistado no Rio, nos 400 metros medley.

Belmonte bateu na frente com o tempo de 2min04s85, enquanto a australiana Madeline Groves faturou a prata com 2min04s88. A japonesa Natsumi Hoshi completou o pódio, com a marca de 2min05s20.