22°
Máx
16°
Min

Evandro e Pedro Solberg perdem para russos e estão fora da Olimpíada

(Foto: Rio 2016) - Evandro e Pedro Solberg perdem para russos e estão fora da Olimpíada
(Foto: Rio 2016)


Os brasileiros Evandro e Pedro Solberg estão fora dos Jogos Olímpicos, após derrota para os russos Nikita Liamin e Dmitri Barsuk por 2 sets a 1, com parciais de 16/21, 21/14, e 15/10, na tarde deste sábado, em partida disputada na Arena de Vôlei de Praia, em Copacabana, e válida pelas oitavas de final.

O jogo foi marcado por decisões duvidosas da arbitragem e por um bom primeiro set dos brasileiros, que venceram ajudados pelos vários pontos de bloqueio de Pedro Solberg. Depois, porém, a dupla da Rússia virou e conseguiu fechar o jogo com a ajuda do excesso de erros dos brasileiros e também em razão dos bloqueios do gigante Liamin. Além disso, os russos foram muito eficientes nos contra-ataques.


A trajetória de Evandro e Pedro no Rio-2016 foi a mais inconstante entre as duplas brasileiras do vôlei de praia na Olimpíada. O time perdeu dois jogos na primeira fase, contra parcerias de Cuba e Canadá, e se classificou após uma sofrida vitória sobre os letões Samoilovs e Smedins, em duelo definido apenas no terceiro set.

No jogo contra a dupla da Rússia pesaram os muitos erros cometidos pelos brasileiros - foram 14 pontos cedidos desse modo. Aproveitando o nervosismo dos erros de Evandro e Pedro Solberg, os russos viraram. O match-point de Liamin e Barsuk, inclusive, veio de um erro de Evandro em um levantamento. Apesar da torcida ter apoiado a dupla durante todo o confronto, gritando até o fim "eu acredito", não deu para os brasileiros evitarem a derrota.


Juntos desde 2014, os cariocas têm como principais feitos a medalha de bronze no Mundial de 2015, na Holanda, e a conquista do título do Major de Gstaad, na Suíça, pelo Circuito Mundial de Vôlei de Praia deste ano. Evandro foi considerado o melhor saque dos Circuitos Brasileiro e Mundial nas últimas três temporadas. Em 2008 Pedro foi o mais jovem atleta a vencer o Circuito Mundial, aos 22 anos, ao lado de Harley. Agora Pedro e Evandro deram fim ao sonho de conquistar uma medalha na Olimpíada do Rio.

Já Alison e Bruno Schmidt seguem firmes na disputa. Nas quartas de final, eles vão encarar os vencedores do jogo entre os norte-americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena e os austríacos Alexander Huber e Robin Seidl.