21°
Máx
17°
Min

Exames indicam lesão leve, mas Lucarelli é poupado de treino antes de semifinal

(Foto: Divulgação/CBV) - Exames indicam lesão leve, mas Lucarelli é poupado de treino
(Foto: Divulgação/CBV)

Após o susto na partida contra a Argentina, nesta quarta-feira à noite, quando dois dos principais atacantes brasileiros deixaram a quadra machucados, uma boa notícia para a seleção masculina de vôlei. Um exame médico realizado nesta tarde de quinta indicou um pequeno estiramento muscular na coxa direita de Lucarelli. Ainda com dores, ele será poupado do treino nesta noite, quando Bernardinho testará soluções para a substituição dele e de Lipe, que também sente dores na lombar e passa por fisioterapia.

De acordo com a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), os dois devem participar de treinos normalmente na manhã de sexta-feira, para definir se há condições para jogarem a partida contra a Rússia pela semifinal da Olimpíada. O jogo está marcado para as 22h15 do mesmo dia.

Lucarelli realizou no início da tarde desta quinta uma ressonância magnética da coxa para avaliar as dores que já vinha sentindo há alguns dias, como informou na quarta o fisioterapeuta da seleção, Guilheme Tenius. O exame indicou um estiramento muscular muito leve e em um músculo pequeno. O atleta já passa por tratamento de fisioterapia e remédios, mas ainda sente dores.

Lipe também faz tratamento com remédios e exercícios de fisioterapia para a lombar. Nesta quinta-feira, o jogador disse se sentir melhor, mas ainda com dores. Os dois serão poupados do treino da noite e farão um teste físico na sexta-feira para avaliar se têm condições de jogar.

A condição física dos atletas foi motivo de preocupação para Bernardinho, após a vitória contra a Argentina, nesta quarta-feira. "Estamos preocupados. Vamos saber com os médicos como proceder em 45 horas para eles estarem de volta. A preocupação existe, não é a primeira vez. Sem desculpas, vamos jogar", resumiu.