21°
Máx
17°
Min

Fabiana Murer revela que tem hérnia, mas confia que estará 100% no Rio-2016

(Foto: Divulgação)  - Fabiana Murer revela que tem hérnia, mas confia que estará 100%
(Foto: Divulgação)

A maior esperança de medalha para o atletismo brasileiro dos Jogos Olímpicos pode chegar ao Rio longe da melhor forma física. Nesta terça-feira, em uma postagem no Facebook, Fabiana Murer revelou que foi diagnosticada com uma hérnia de disco cervical e que tem feito fisioterapia duas vezes por dia.

Segunda colocada no ranking mundial do salto com vara em 2016, Fabiana Murer compete no próximo dia 16 e tem duas semanas para se recuperar. Ela não tem certeza de como chegará ao Rio-2016, ainda que confie em um cenário positivo. "Estou em um trabalho intenso de fisioterapia e treinando muito bem. Já fiz até um treino de salto completo. Estou evoluindo rapidamente e estou me dedicando ao máximo para chegar 100% na Olimpíada", escreveu em uma postagem no Facebook.

De acordo com Fabiana Murer, depois da etapa de Monaco da Diamond League, em 15 de julho, ela sentiu uma dor muito forte no pescoço. "Tratei intensamente para poder competir em Londres, mas no aquecimento senti fraqueza no braço e não tinha confiança para saltar", contou. À época, ela alegou que estava com torcicolo e que, por isso, não participou da etapa de Diamond League disputada no estádio Olímpico.

Quando chegou ao Brasil, fez um exame que apontou hérnia de disco cervical. "O meu médico me tranquilizou e disse que eu poderia me recuperar a tempo para competir na Olimpíada", continuou Fabiana Murer, que também compartilhou um vídeo dela realizando um salto no centro de treinamento do clube dela, em São Caetano do Sul (SP).