24°
Máx
17°
Min

Federer anuncia que não virá mais à Olimpíada do Rio e não jogará mais em 2016

(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Pública) - Federer anuncia que não virá mais à Olimpíada do Rio
(Foto: Paulo Pinto/ Fotos Pública)

A Olimpíada do Rio, que começará na semana que vem, perdeu nesta terça-feira um de seus maiores astros. O tenista suíço Roger Federer anunciou em seu site oficial que está fora dos Jogos Olímpicos por ainda não estar plenamente recuperado de uma cirurgia no joelho, realizada em fevereiro deste ano. O atual número 3 do mundo afirmou que precisará de mais tempo de recuperação e, por isso, não jogará mais nesta temporada.

"Caros fãs, estou extremamente desapontado em anunciar que não estarei apto a representar a Suíça na Olimpíada do Rio e, também, perderei o restante desta temporada. Considerando todas as opções após consultar meus médicos e minha equipe, eu tomei a difícil decisão de anunciar um fim na minha temporada de 2016 para uma mais extensa reabilitação após minha cirurgia de joelho no início deste ano. Os médicos alertaram que se eu quero continuar a jogar no circuito profissional de tênis livre de novas cirurgias pelos próximos anos, o que eu pretendo fazer, eu devo dar ao meu corpo e joelho o tempo propício para uma recuperação completa", escreveu o suíço.

"É muito difícil perder o resto do ano. Mas o fato é que essa experiência me ajudou a entender como eu tive sorte durante minha carreira de ter poucas lesões. O amor que eu tenho pelo tênis, pelas competições, torneios e pelos torcedores, continua intacta. Minha motivação está alta como sempre e meu plano é de colocar toda energia para voltarem em 2017 forte, saudável e em forma para jogar um tênis ofensivo", completou.

Nos Jogos Olímpicos, Roger Federer vai desfalcar, e muito, a equipe da Suíça, já que atuaria na chave de simples, nas duplas masculinas com Stan Wawrinka - os dois foram medalha de ouro em Pequim-2008, na China - e nas duplas mistas com Martina Hingis. Em Londres-2012, o suíço foi um dos atletas que apelou para que os tenistas profissionais não deixassem de estar na Olimpíada - nela ficou com a medalha de prata ao perder para o britânico Andy Murray.

Com o anúncio, Roger Federer encerra a temporada de 2016 sem qualquer título. O suíço participou de sete competições - Aberto da Austrália, Wimbledon, Masters 1000 de Roma, Masters 1000 de Madri, ATP 500 de Halle (Alemanha), ATP 500 de Stuttgart (Alemanha) e ATP 250 de Brisbane (Austrália). Só chegou à final em Brisbane, quando perdeu para o canadense Milos Raonic. Nos dois torneios de Grand Slam, caiu nas semifinais. Por causa do joelho machucado, não jogou em Roland Garros.