23°
Máx
12°
Min

Hipismo surpreende em convocação para Rio-2016 e Rodrigo Pessoa será reserva

Pessoa fica como reserva pelo crescimento de Stephan Barcha (Foto: Divulgação) - Hipismo surpreende em convocação para Rio-2016
Pessoa fica como reserva pelo crescimento de Stephan Barcha (Foto: Divulgação)

A Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) anunciou nesta segunda-feira, em São Paulo, a convocação dos 12 conjuntos que vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio. A grande surpresa é a ausência de Rodrigo Pessoa, campeão olímpico em 2004, que foi convocado apenas para ser reserva do time de salto. A não ser que haja lesão de algum conjunto (animal ou cavaleiro), Rodrigo não terá a oportunidade de ampliar seu recorde de participações olímpicas no esporte brasileiro - o Rio-2016 seria sua sétima Olimpíada.

Pessoa fica como reserva pelo crescimento de Stephan Barcha, carioca de 26 anos, que só este ano passou a apresentar resultados em alto rendimento. Também foram convocados, conforme já era esperado, os cavaleiros Alvaro de Miranda Neto (o Doda), Eduardo Menezes e Pedro Veniss.

Pelo que explicou a CBH, Rodrigo Pessoa é reserva "por enquanto" e seguirá com a equipe para o Rio. Caso haja mais de uma lesão de animal, Felipe Amaral está de sobreaviso e pode ganhar uma chance. "Se o Rodrigo hoje é o quinto, imagina quanto a equipe do Brasil evoluiu", comentou Doda, que vai para a quinta Olimpíada.

No adestramento, a convocação engloba dois irmãos: Luiza e Pedro Tavares de Almida. Manuel, irmão gêmeo de Pedro, fica como reserva da equipe. Completam o time João Victor Oliva (filho de Hortência) e a surpresa Giovanna Pass, de apenas 18 anos, única no quinteto que não é baseada na Europa - ela obteve os índices em eventos de observação da CBH em São Paulo.

Por fim, a equipe do CCE, tem Carlos Paro, Marcio Appel, Marcio Jorge e Ruy Fonseca. Marcio Jorge vem de quinto lugar na última grande competição antes dos Jogos, em Barbury, na Inglaterra, há duas semanas.