24°
Máx
17°
Min

Húngara é bicampeã olímpica no K1 500m e fatura segundo ouro na canoagem no Rio

(Foto: Ministério do Esporte) - Húngara fatura segundo ouro na canoagem no Rio
(Foto: Ministério do Esporte)


A húngara Danuta Kozak conquistou nesta quinta-feira a sua segunda medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, ela completou a disputa do caiaque individual (K1) 500 metros feminino en 1min52s494, faturando o bicampeonato olímpico da prova.

Kozak já havia subido outra vez ao pódio no Rio, pois também venceu a disputa do K2 500m. E nesta quinta, ela também superou uma medalhista de ouro no Rio, a neozelandesa Lisa Carrington, campeã do K1 200m, que dessa vez ficou com o bronze ao marcar 1min54s372. Assim, ficou um pouco atrás da medalhista de prata, a dinamarquesa Emma Jorgensen, com 1min54s326.

Atuais campeões mundiais, os alemães Max Rendschmidt e Marcus Gross confirmaram o favoritismo nesta quarta e venceram a disputa do K2 1.000m com o tempo de 3min10s781. Quem mais se aproximou deles foram os sérvios Marko Tomicevic e Milenko Zoric, bronze no Mundial de 2015, que ficaram em segundo lugar, com 3min10s969. O bronze foi para os australianos Ken Wallace e Lachlan Tame, que foram prata no Mundial do ano passado e agora marcaram 3min12s593.

Já na final do K2 200m, os espanhóis Saúl Craviotto e Cristian Toro ganharam a medalha de ouro com o tempo de 32s075. Eles foram apenas 02s93 mais rápidos do que os britânicos Liam Heath e Jon Schofield, os segundo colocados. Os lituanos Aurimas Lankas e Edvinas Ramanauskas completaram o pódio.

Os brasileiros Edson Freitas e Gilvan Ribeiro participaram da final B do K2 200m e terminaram em segundo lugar, com o tempo de 33s992. Assim, fecharam a competição na décima colocação na classificação geral.