24°
Máx
17°
Min

Iraniano bate recorde mundial e fatura ouro no levantamento de peso

(Foto: Rio 2016) - Iraniano bate recorde mundial e fatura ouro no levantamento de peso
(Foto: Rio 2016)

O iraniano Kianoush Rostami conquistou nesta sexta-feira a medalha de ouro no levantamento de peso, na categoria até 85kg, no Rio de Janeiro. Ao faturar a primeira medalha do seu país nestes Jogos Olímpicos, o atleta ainda bateu o recorde mundial e olímpico, ao levantar 396kg, com 179kg no arranco e 217kg no arremesso.

Após bater o recorde, Rostami comemorou seu recorde se ajoelhando, beijando o chão e adotando posição de oração. O atleta de 25 anos superou em 1kg a marca que ele mesmo estabelecera em maio deste ano. Com a performance, também superou o desempenho que lhe valeu a medalha de bronze nos Jogos de Londres, há quatro anos.

A prata ficou com o chinês Tian Tao, que levantou 395kg, sendo 178kg no arranco e 217kg no arremesso. O romeno Gabriel Sincraian levou o bronze com 390kg - 173kg no arranco e 217kg no arremesso - em seu retorno às grandes competições. Ele voltou a disputar torneios em 2015 após cumprir suspensão de dois anos por doping.

Welisson Rosa da Silva representou o Brasil na disputa. Ele levantou 325kg, com 145kg no arranco e 180kg no arremesso. Com este desempenho, terminou a competição na 18ª colocação, entre 23 atletas na categoria.

No feminino, o País foi representado por Jaqueline Antonia Ferreira na categoria até 75kg, disputada nesta sexta-feira. Ela falhou nas três tentativas de arranco, em 103kg, e nem chegou a alcançar o arremesso. Assim, não terminou a prova, ficando sem resultado.

A medalha de ouro foi para Sim Rim Jong, da Coreia do Norte, sendo a primeira dourada do país. A norte-coreana levantou 274kg, sendo 121kg no arranco e 153kg no arremesso. Darya Naumava, da Bielo-Rússia, faturou a prata, com 258kg, sendo 116kg no arranco e 142kg no arremesso. E o bronze foi para a espanhola Lidia Valentin Perez, com 257kg - 116kg no arranco e 141kg no arremesso.