24°
Máx
17°
Min

Isaquias Queiroz conquista bronze na C1 200m

Isaquias Queiroz conquista bronze na C1 200m

Isaquias Queiroz conquistou nesta quinta-feira a medalha de bronze na canoagem velocidade, percurso de 200 metros nos Jogos Olímpicos. Na prova do C1 200m, disputada na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio, o brasileiro ficou atrás do ucraniano Iurii Cheban, que levou o ouro, e de Valentin Demyanenko, do Azerbaijão, que faturou a prata.

Principal nome da canoagem de velocidade brasileira, o baiano de Ubaiatuba fechou a prova em 39s638. Na semifinal, na última quarta-feira, ele tinha cravado 39a659, a melhor marca entre todos os concorrentes. Cheban foi campeão olímpico com 39s279. Já Demyanenko fechou a prova do C1 200m em 39s493.

Favorito ao ouro, Isaquias não conseguiu repetir o desempenho que teve no Mundial de Canoagem de Milão do ano passado, por exemplo, quando concluiu os 200 metros em 38s915 e também levou o bronze - caso tivesse o mesmo desempenho, teria faturado a medalha de ouro no Rio-2016.

Após fazer um início de prova ruim, figurando nas últimas posições, Isaquias conseguiu se recuperar, mas só garantiu o seu lugar no pódio na parte final, em uma disputa muito acirrada com o espanhol Alfonso Benavidez Lopez de Ayala, que foi apenas 0s021 mais lento do que o brasileiro.

Esta foi a segunda medalha conquistada por Isaquias nos Jogos do Rio. Na última terça-feira, ele ficou com a prata na C1 1.000 metros. Com isso, Isaquias se igualou agora aos nadadores Gustavo Borges (1996) e César Cielo (2008) e aos atiradores Afrânio da Costa (1920) e Guilherme Paraense (1920), brasileiros que foram duas vezes ao pódio de uma mesma edição dos Jogos Olímpicos.

O baiano, porém, tem como meta subir três vezes ao pódio no Rio. Ele ainda vai disputar a C2 1.000m em dupla com Erlon de Souza. Os dois foram campeões mundiais no ano passado e são favoritos ao ouro olímpico. As semifinais serão nesta sexta-feira, com a final sendo disputada no dia seguinte.