22°
Máx
16°
Min

Italiano volta a provocar torcida no vôlei de praia: 'Tenho colhões'

(Foto: Divulgação/FIVB) - Italiano volta a provocar torcida no vôlei de praia: 'Tenho colhões'
(Foto: Divulgação/FIVB)

Famoso pelo saque jornada nas estrelas, o italiano Adrian Carambula chamou a atenção do público da Arena de Vôlei de Praia de Copacabana pelas provocações durante a partida desta quarta-feira, contra os brasileiros Alison e Bruno Schmidt, na Olimpíada.

Diante da forte reação do público frente ao drama da contusão do brasileiro, que torceu o tornozelo direito durante o jogo, Carambula fez um gesto obsceno para a torcida, levando as mãos à frente da genitália. "Eu tenho bolas grandes. Tenho colhões para ter feito o que eu fiz", declarou sem constrangimento após a partida.

A provocação aconteceu logo após o jogador recuperar uma bola fazendo um movimento similar ao do saque jornada nas estrelas e pontuar. Durante a partida, os adversários do Brasil reclamaram muito da arbitragem e se irritaram quando não conseguiram reverter um ponto em que consideraram a marcação errada.

Alison chegou a reagir durante o jogo dizendo para Carambula: "Aqui não!". Ainda machucado, o Mamute comentou as trocas de farpas. "Não quero saber se ele tem grande ou se não tem. Desrespeitar a torcida não!", disse Alison, ironizando a declaração dos italianos de que estão entre os favoritos no Rio-2016. "Eles continuam favoritos", disse.

As duplas Alison/Bruno Schmidt e Carambula/Ranghieri dividem a liderança do Grupo A. Carambula tem uma história curiosa. Uruguaio, ele jogou futebol nas categorias de base com Luis Suárez, do Barcelona. Ele morou a vida todas nos Estados Unidos, mas tem cidadania italiana. Só no ano passado passou a jogar pela Itália com Ranghieri, a convite do técnico brasileiro Paulão.