23°
Máx
12°
Min

Leonardo de Deus bate recorde brasileiro e avança; Etiene também vai à semifinal

(Foto: Jonne Roriz) - Leonardo de Deus bate recorde brasileiro e avança
(Foto: Jonne Roriz)

A tarde de eliminatórias no Estádio Aquático Olímpico começou bem para os brasileiros. Etiene Medeiros, nos 100 metros livre, e Leonardo de Deus, nos 200 metros costa, classificaram-se para as semifinais dos Jogos Olímpicos do Rio-2016. Leonardo ainda bateu o recorde brasileiro na modalidade. Larissa Oliveira, porém, acabou eliminada na prova dos 100 metros livre.

Leonardo de Deus fez o 12º melhor tempo na classificação geral, com a marca de 1min57s, novo recorde brasileiro. O melhor tempo pertencia a Thiago Pereira, que havia registrado 1min57s19 no Pan de Guadalajara, em 2011.

"Nos 200 metros borboleta eu saí bem chateado, bem triste, e tive um dia para me recuperar. Falei com minha família, com meus técnicos, que nós somos atletas olímpicos e a gente está aqui por alguns motivos. Um deles é a superação que eu tive de sair de um adversário adverso e melhorar uma prova em que eu não estava treinando, que havia quatro anos que eu não melhorava meu tempo. De quebra, quebrei o recorde brasileiro do Thiago Pereira. É superação", comemorou Leonardo.

"Agora preciso melhorar ainda mais para a tarde. Estou a 39 centésimos do oitavo colocado (que classifica à final), então quem sabe eu não consigo", disse. "Acho que desde que eu saí nos 200 borboleta que eu falei (ele reclamou do desempenho do Brasil)... Depois do resultado de ontem do Marcelo Chierighini (classificou-se à final dos 100 metros livre), que chamou a torcida, todo mundo que assistiu àquela, até nós, atletas, falamos, 'caramba, é isso que precisamos fazer'", continuou Leonardo.

Etiene Medeiros fez uma boa prova nos 100 metros livre feminino. Com a marca de 54s38, ela encerrou na terceira colocação na quarta bateria e se classificou para a semifinal com o 14º melhor tempo entre as 16 que avançaram. Outra brasileira na prova, Larissa Oliveira cravou 54s72 em sua bateria e foi eliminada. Ela encerrou sua participação com o 21º tempo no geral.

"Foi muito próximo do meu melhor. Teve um gostinho diferente. Saiu um peso e consegui corrigir uns erros dos 100 metros costa. Me concentrei mais e deu certo. Agora é tentar descansar e nada bem a semifinal", disse Etiene, logo após deixar a piscina do Estádio Aquático.

"Agora eu preciso relaxar. É muita ativação, é muita coisa que a gente faz, uma mobilização muito grande para poder nadar a semifinal", frisou. "Vim aqui para nadar meu melhor. Mesmo não sendo o meu melhor, foi muito próximo disso."

A marca de Etiene, porém, terá que baixar se ela quiser chegar à final. Isso porque a melhor da tarde foi a sueca Sarah Sjostrom, que esta semana conquistou o ouro com recorde mundial na prova dos 100 metros borboleta. Nesta quarta, Sarah registrou 53s37 na eliminatória dos 100 metros livre.