26°
Máx
19°
Min

Lesão de Ederson aumenta chances de Alisson ser convocado para a Olimpíada

(Foto: Rafael Ribeiro/ CBF) - Lesão de Ederson aumenta chances de Alisson ser convocado para a Olimpíada
(Foto: Rafael Ribeiro/ CBF)

O goleiro Alisson passou a ter boas possibilidades de ser um dos jogadores com idades acima de 23 anos que o técnico Dunga poderá convocar para a Olimpíada. A contusão de Ederson obrigou o treinador a cortá-lo do grupo que vai disputar a Copa América Centenário e, por consequência, vai impedi-lo de observar o comportamento do jogador e seu desempenho nos treinos. Além disso, há outros fatores que pesam a favor de Alisson.

Dois deles estão relacionados ao próprio Ederson. Não há certeza de que ele estará recuperado das dores que sente no púbis a tempo de disputar a Olimpíada - o Brasil estreia em 4 de agosto, ou seja, daqui a pouco mais de dois meses - e além disso surgem informações de que o Benfica não está disposto a liberá-lo.

Há outros aspectos que "conspiram" a favor do goleiro que está trocando o Internacional pela Roma. Inter de Milão e Chelsea estão resistentes em liberar Miranda e Willian para a Olimpíada, como deseja Dunga - o outro jogador acima de 23 anos, Neymar, já está garantido.

E Alisson estará chegando agora ao time italiano, inicialmente sendo reserva do polonês Szczesny, que pode ser contratado em definitivo ao Arsenal, e até de De Sanctis. Dessa maneira, seria mais fácil convencer a Roma a cedê-lo para os Jogos do Rio.

Ederson foi chamado para a Copa América para ser observado depois que o técnico da seleção sub-20, Rogerio Micalee, fez Dunga acreditar que não precisaria chamar um goleiro experiente para a Olimpíada. Se o arqueiro do Benfica fosse aprovado pelo treinador, estaria aberto o caminho para chamar três jogadores de linha acima de 23 anos.