22°
Máx
17°
Min

Lutador indiano alega sabotagem, é inocentado por doping e disputará Olimpíada

Lutador disputará jogos olímpicos (Foto: Divulgação)  - Lutador indiano alega sabotagem e é inocentado por doping
Lutador disputará jogos olímpicos (Foto: Divulgação)

A agência indiana antidoping retirou nesta segunda-feira as acusações contra o lutador Narsingh Yadav, que foi bronze no Mundial de 2015 e é uma das esperanças de medalha olímpica à Índia. Assim, Yadav está liberado para disputar os Jogos do Rio na luta livre, na categoria até 74 quilos.

A polêmica se iniciou quando o lutador testou positivo para esteroides anabolizantes. Em sua defesa, Yadav alegou que estava sendo alvo de uma conspiração de seus adversários, que pretendiam tomar sua vaga na Olimpíada.

Dias após a defesa do lutador apresentar suas alegações, o comitê olímpico indiano declarou que Yadav não seria punido porque não havia cometido nenhuma falta ou negligência.

Navin Agarwal, diretor da agência indiana antidoping, acrescentou ainda que, segundo o comitê responsável pela investigação, Yadav foi realmente vítima de uma sabotagem. Os detalhes sobre como ela teria ocorrido ou quem a teria realizado, porém, não foram informados.

Satisfeito com a decisão, o lutador indiano agradeceu a todos que o apoiaram durante o período turbulento e se mostrou muito confiante para a Olimpíada. "Eu prometo que trarei uma medalha para o país."