23°
Máx
12°
Min

Manifestantes contrários aos Jogos vão 'arcar com as consequências', diz Padilha

Foto: Lula Marques/ AGPT - Manifestantes contrários aos Jogos vão 'arcar com as consequências'
Foto: Lula Marques/ AGPT

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou nesta quinta-feira que quem participar de manifestações contrárias aos Jogos Olímpicos "está jogando contra o Brasil" e terá que arcar com as consequências.

Para Padilha, não há constrangimento no fato de Michel Temer, nesta sexta-feira, receber 45 chefes de Estado, em cerimônia no Palácio do Itamaraty, na condição de presidente em exercício.

O ministro também afirmou ainda que o governo está preparado para vaias durante festa de abertura da Olimpíada no Estádio do Maracanã. Padilha participou no Rio da inauguração da Casa Brasil, espaço do governo federal que funcionará durante a Olimpíada e a Paralimpíada, com estandes dos Estados e de instituições federais, com objetivo de atrair turistas e investidores internos e externos.

Em entrevista, questionado sobre os protestos marcados para sexta-feira, Padilha respondeu: "Quem tiver qualquer tipo de manifestação contrária ao evento estará jogando contra o Brasil, os brasileiros e contra si mesmo". O ministro também disse não acreditar que as manifestações de fato aconteçam.