23°
Máx
12°
Min

Marcelo Melo jogará duplas mistas e aguarda definição de parceira na Olimpíada

(Foto: Divulgação)  - Marcelo Melo jogará duplas mistas e aguarda definição de parceira
(Foto: Divulgação)

O mistério sobre a formação da dupla mista do Brasil nos Jogos Olímpicos chegará ao fim apenas na próxima segunda-feira, dia 8 de agosto, véspera do início da disputa. Um nome está confirmado: Marcelo Melo. O tenista número 3 do mundo nas duplas ganhou a chance de disputar a modalidade por estar à frente no ranking da ATP - o concorrente Bruno Soares aparece em oitavo lugar na lista - e aguarda a definição de sua companheira.

Usar o ranking como critério de seleção foi uma determinação da comissão técnica em conjunto com os atletas, mas o sistema pode não ser seguido no feminino. Número 135 do mundo na lista de simples, Teliana Pereira corre o risco de ser substituída por Paula Gonçalves (177ª) nas duplas mistas. A preocupação é com o desgaste físico excessivo da tenista, que está confirmada nas chaves de simples e duplas femininas.

"A gente está sentindo mais um pouquinho a situação para tomar a decisão. Mas já está muito inclinado a escolher essa formação com a Teliana. Marcelo está confirmado pelo ranking dele, queremos tentar evitar uma sobrecarga nela", explica Fernando Roese, atual capitão do Brasil na Fed Cup.

Teliana já enfrentou sérias lesões na carreira, mas garante estar em ótima forma. A tenista também mostra disposição e quer marcar presença nas três competições do tênis na Olimpíada. "Estou em uma fase muito boa, quase não tenho me machucado. Se eu jogar, não vou ter problema nenhum. A gente está na Olimpíada. Seria incrível se pudesse jogar os três, vamos ver o que será decidido", afirma

Em julho, o presidente da Confederação Brasileira de Tênis, Jorge Lacerda, disse ao Estadão.com que a escolhida seria Teliana Pereira. A tenista apresentou exames para a junta médica e provou que está bem fisicamente. Assim, ela teria o aval para disputar as três competições nos Jogos Olímpicos do Rio.

No sábado, Teliana e Paula Gonçalves enfrentam as espanholas Garbiñe Muguruza e Carla Suárez Navarro nas duplas femininas. Na chave de simples, a brasileira encara a francesa Caroline Garcia na sua estreia.