22°
Máx
17°
Min

Medalhas olímpicas e paralímpicas são apresentadas no Rio

Faltando 52 dias para o início dos Jogos Olímpicos do Rio, o Comitê Organizador Rio-2016 apresentou nesta terça-feira, no Rio, as medalhas que serão entregues durante a Olimpíada e a Paralimpíada. De acordo com a Casa da Moeda, elas pesam aproximadamente 500g, sendo, assim, as mais pesadas da história. Elas são abauladas, com o centro ligeiramente mais alto.

As de ouro contêm 494g de prata (92,5% de pureza) e apenas 6g de ouro (99,9% de pureza) em sua composição metálica. Todo o ouro é isento de mercúrio. As medalhas têm diâmetro de 85mm e a espessura varia entre 6mm e 11mm, por causa da forma abaulada.

As medalhas de ouro, prata e bronze têm as mesmas inscrições, sem diferenciação pelo metal ou pela modalidade esportiva. Só o material muda. De um lado fica imagem padrão da deusa Nike. Do outro, os louros e a marca dos Jogos Rio 2016.

As medalhas de prata contêm 500g de prata. O peso, sistema de fixação da fita, espessura, bordas e formato são os mesmos das medalhas de ouro. Já as de bronze têm 40% de materiais reciclados dentre os resíduos da própria Casa da Moeda, que fabrica as moedas de Real utilizadas pelos brasileiros no dia a dia.

"Em vez de ser descartado, o metal foi fundido e descontaminado na própria empresa para dar origem à liga necessária para a confecção das medalhas de bronze", explicou a Casa da Moeda. Essas medalhas contêm 475g de cobre e 25g de zinco.

A novidade nas medalhas paralímpicas é que elas têm dispositivo interno que emite sons metálicos para permitir que atletas com deficiências visuais possam identificá-las.

Ainda de acordo com a Casa da Moeda, elas têm a mesma composição metálica das medalhas olímpicas, relevo, espessura, bordas e formato.

O dispositivo que faz som consiste numa espécie de guizo com esferas de aço, no interior das medalhas, para a emissão de som quando o atleta a balançar. A diferenciação no número de esferas (16 na de bronze, 20 na de prata e 24 na de ouro) fazem o som da dourada ser mais forte do que das demais.

Já as fitas das medalhas têm 10 cores e foram produzidas com poliéster acetinado. Elas foram produzidas com 50%, em média, de fios PET reciclados. Além disso, todos os insumos dos produtos provenientes de madeira (certificados, estojos e diplomas) originária de área com manejo ambiental sustentável e socialmente responsável.