23°
Máx
12°
Min

Melo/Soares lamenta derrota, mas reconhece superioridade de rivais

(Foto: Divulgação)  - Melo/Soares lamenta derrota, mas reconhece superioridade de rivais
(Foto: Divulgação)

Sem esconder a decepção na noite desta terça-feira pela eliminação do torneio de duplas masculinas, em que eram favoritos para conquistar medalha no Rio-2016, os brasileiros Bruno Soares e Marcelo Melo exaltaram a qualidade dos adversários, os romenos Florin Mergea e Horia Tecau, que levaram a melhor pelo placar de 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/5 e 2/6.

"O jogo foi complicado, eles jogaram muito bem. O início foi cruel, eles já saíram quebrando (o serviço), e acho que o fator principal foi o saque. A gente não conseguia pegar. Jogamos sempre com a corda no pescoço, tendo que confirmar o saque. Eles jogaram melhor que a gente", comentou Soares.

"Estou chateado por não ter conseguido passar para a semifinal, mas tranquilo por saber que fizemos o que podíamos. A gente não perdeu para um azarão. Eles eram tão favoritos quanto a gente", disse Melo. "Não foi culpa de (falta de) entrosamento, foi que os dois jogadores que enfrentamos hoje são de muito alto nível", afirmou.

Com o resultado, Soares se despede da Olimpíada, enquanto Melo ainda vai disputar a chave de duplas mistas, ao lado de Teliana Pereira. Eles vão estrear nesta quinta-feira. "[Esta derrota] Não abala nada em relação às mistas. Eu e a Teliana estamos super empolgados e foi ótimo saber que não vamos jogar nesta quarta, porque usaremos o dia para treinar. Agora é foco total na mista. Estou chateado, mas que esse sentimento termine hoje porque amanhã é outra coisa e quem sabe a medalha sai na mista", disse Melo.

O sorteio realizado nesta terça-feira indicou como adversários da dupla brasileira os franceses Nicolas Mahut e Caroline Garcia, que formam a dupla cabeça de chave número 1.